Quem rouba quem?

A ARTISTA E O LADRÃO no streaming

Entre a primeira cena, do roubo dos quadros captado pelas câmeras de segurança, à última, com um dos ladrões ajudando a pintora a montar sua próxima exposição, A Artista e o Ladrão (The Painter and the Thief) desenha uma curva dramática quase inacreditável: a amizade mais que improvável entre uma pintora e um dos ladrões de seus quadros. Barbora Kysilkova nunca parece muito interessada em ter de volta suas pinturas. Ao conhecer Karl Bertil-Nordland no julgamento, ela se interessa mesmo é por ele, que afirma até o fim não se lembrar de nada do dia do roubo por estar drogado. Ela pede para pintá-lo, quando começa o estranho laço entre os dois.

Barbora teve uma relação abusiva no passado em Berlim, e agora se sente atraída por um criminoso e viciado em drogas, corpo coberto de tatuagens. Não é uma paixão assumida, mas canalizada na amizade. Tanto ela quanto Bertil têm namoradxs. Diante do seu primeiro retrato pronto, ele se emociona até os soluços. Ela fica tocada quando visita a casa dele e vê as paredes cobertas de quadros e obras gráficas. Um dos vários retratos que fez dele o mostra abraçado à namorada numa cama. Na pele da moça, Barbora acrescentou uma óbvia referência a um lugar desejado pela própria pintora.

Benjamin Ree estrutura o filme em três grandes blocos. No primeiro, Barbora descreve Bertil e reflete sobre a relação. No segundo, é ele que assume as reflexões sobre Barbora. No terceiro, ela finalmente lhe faz uma surpreendente revelação. Para alguns críticos, isso foi uma manipulação em prejuízo do filme. Eu acho apenas que é uma opção de construção como qualquer outra.

O filme pode ser visto como um caso complexo de amor entre pintora e modelo, mas também entre vítima e algoz, na medida em que os dois se identificam. Afinal, todo pintor de certa forma rouba alguma coisa (alguns dizem: a alma) de seus modelos. Barbora não vê Bertil como um ladrão, mas como uma “alma nua”. Tão nua quanto a dela.

>> A Artista e o Ladrão está no Now, Vivo Play, Apple TV, iTunes, Google Play e Youtube Filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s