O céu pode esperar por Pessoa

Em O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS, Chico Diaz não perdeu a oportunidade de oferecer uma de suas performances ricas em sutilezas e compreensão profunda do papel. No caso, um homem, em certa medida, inexistente.

Ana e as outras

Numa bem urdida mescla entre documentário e ficção, ANA. SEM TÍTULO pontua as histórias de mulheres que tiveram sua arte perseguida ou esmaecida nos anais culturais dos países latino-americanos.

Pena de vida, pena de morte

Frieza, honra, culpa e sacrifício. Cada um desses elementos carimba uma das quatro histórias contadas magistralmente por Mohammad Rasoulof em NÃO HÁ MAL ALGUM.