Cai uma estrela

JUDY é uma história padrão de poor little star, suntuosamente melodramática, valorizada pela performance magistral de Renée Zellweger.

Pela beatificação de Fred Rogers

No fundo, trata-se de uma história de conversão. UM LINDO DIA NA VIZINHANÇA é uma hagiografia assumida, na qual Fred Rogers é retratado como um ser imune a defeitos, transpirando odor de santidade.

Missão em linha reta

“1917” sobe ao panteão dos grandes filmes de guerra não tanto pelo seu enredo, relativamente simples, mas pela façanha de sua realização e como ela transmite a tensão e o horror de estar em meio ao conflito.

Feminista ou feminino?

ADORÁVEIS MULHERES está circunscrito aos clichês de um gênero, o que não impede de reconhecer que Greta Gerwig cresceu bastante como diretora desde o fraquíssimo “Lady Bird”.

A pintora e sua modelo

RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS um estudo sobre a mútua atração entre quem pinta e quem posa. E também um fino olhar feminino sobre a arte e o amor, no qual os homens são meros figurantes ocasionais.