Hiroshima meu horror

HIROSHIMA, de 1953, faz uma impressionante evocação da tragédia através do trauma em crianças e famílias, além de criticar o militarismo do império japonês.

Cabeças cortadas

Como exemplar puro de filme de gênero, A PRINCESA DA YAKUZA poderia ser excitante se tivesse alguma consistência dramática por trás da carnificina competente.

A casa assassinada

Resgate arqueológico do cinema iraniano pré-aiatolás, Chess of the Wind sugere um Lúcio Cardoso persa. Alegoria da decadência do Irã de Reza Pahlevi.

O velho matador cai na estrada

KING KONG EN ASUNCIÓN tem momentos memoráveis e uma dicção lírica que evoca a ancestralidade latino-americana em contraponto à rispidez e à desagregação da realidade contemporânea.

Eclipse total do coração

Apesar de algumas inconsistências na dramaturgia, DESERTO PARTICULAR é um filme impregnante, muito bem fotografado, montado e interpretado. Foi o escolhido brasileiro para disputar uma indicação ao Oscar de filme internacional.