Refugiados em lugar nenhum

LIMBO no streaming

As intenções do diretor e roteirista Ben Sharrock se confundem um pouco nessa história de refugiados estacionados numa remota ilha fictícia da Escócia enquanto esperam por asilo diplomático. Na maior parte do tempo, Limbo é uma comédia levemente excêntrica que explora o desenraizamento dos imigrantes e os preconceitos dos escoceses.

Omar (Amir El-Masry) é um jovem músico sírio que carrega um oud (instrumento de cordas) herdado do avô. Por alguma razão traumática não explicada, além de uma mão machucada, ele não consegue voltar a tocar. O afegão Farhad (Vikash Bhai), fã e sósia de Freddie Mercury, saiu de sua terra natal porque lá não poderia ser quem é. Um jovem nigeriano e outro de Gana (Ola Orebiyi e Kwabena Ansah) fingem ser irmãos por conveniência da imigração e um deles sonha em jogar futebol no Chelsea de Londres.

Com seu olhar resignado e meditativo, Omar observa as exóticas aulas de convivência social para imigrantes, o carro do correio que emite música operística como que saído de um filme de Jacques Tati e as reinações de Farhad com um galo de estimação. As locações inóspitas e as composições um tanto bizarras do quadro cênico reforçam a sensação de “lugar nenhum” – o limbo do título. Nem pátria, nem acolhimento; nem céu, nem inferno.

Trata-se, no entanto, de um humor taciturno, atravessado pela violência que pode de repente atingir um dos que aguardam sua carta de alforria. O próprio Omar tem uma relação dolorosa com a família refugiada em Istambul e com o irmão mais velho, que ficou na Síria para se tornar um mártir. A divergência entre os irmãos terá um desfecho onírico cheio de beleza.

Limbo tempera sua melancolia com pitadas de conforto enquanto Omar hesita entre o desejo de evasão e o chamado da tradição representada pelo seu belo instrumento. O estilo é um tanto solene demais, e nem sempre os propósitos da direção ficam claros. Ainda assim, o filme captura nossa atenção por sua singularidade.

>> Limbo está nas plataformas Youtube Movies, Google Play, Vivo Play, Oi Play e AppleTV.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s