Menina Maravilha

MATILDA: O MUSICAL no streaming

Mirabolante aqui e ali, gracioso ocasionalmente, grotesco quase sempre, Matilda: O Musical (Roald Dahl’s Matilda The Musical) não deve deixar ninguém indiferente. A não ser que você tenha intolerância radical ao gênero. As canções são superiores à média de musicais recentes (com destaque para When I Grow Up), há coreografias grupais incríveis com crianças e uma direção de arte gostosamente satírica.

O argumento se baseia no livro clássico do britânico Road Dahl (autor também de A Fantástica Fábrica de Chocolates) e já tinha sido levado ao cinema em 1996 com direção de Danny DeVito. Matilda Wormwood (Alisha Weir) é uma menina dotada de extrema inteligência e que ainda desenvolve poderes psicocinéticos para se impor num ambiente que odeia crianças. Indesejada pelos pais, que queriam um menino e a tratam como “um bom motivo para o controle da natalidade”, ela tampouco é bem acolhida na escola, controlada com mãos cruéis por uma diretora que mais parece uma bruxa nazista. Nesse papel, sob pesada (des)caracterização, Emma Thompson dá um show, provavelmente no papel mais bizarro de sua carreira.

Em vários momentos me peguei incomodado pela negatividade com que os adultos são mostrados no filme – à exceção, é claro, da professorinha negra (Lashana Lynch) que ocupa o lugar de exceção. Fiquei pasmo também diante da brutalidade com que a diretora “massacra” os alunos, vistos como seus inimigos. Mas se levarmos em consideração a proposta um tanto ácida dessa adaptação, logo percebemos como tudo se justifica.

No fundo, Matilda é mais um conto de heroísmo, liderança e sublevação. Vale também como uma fábula sobre a criação de histórias. Matilda é alguém que quer mudar a sua história e ao mesmo tempo ser autora de outra. A partir de certo ponto, sua realidade se confunde com sua criação, ainda que para isso o roteiro tenha que fazer contorções circenses. Posso dizer que o filme desafia as regras de bom-mocismo de um musical infantojuvenil. Por isso, talvez, e como amante de musicais, apreciei a performance.

>> Matilda: o Musical está na Netflix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s