Cara a cara com o monstro

É Tudo Verdade – Em Duch, O Mestre das Forjas do Inferno, o documentarista cambojano Rithy Panh dá prosseguimento a seu acerto de contas com um passado que lhe custou uma tragédia. Aos 11 anos de idade, Panh viu seus pais e irmãs serem mortos pela polícia política e foi enviado a um campo de reeducação no interior. Em 2003, já consagrado como documentarista, fez o antológico S21 – A Máquina de Morte do Khmer Vermelho, em que torturados e torturadores se reuniam para recontar os massacres da ditadura que ensanguentou a imagem do Camboja nos anos 1970 (leia mais aqui).

As imagens daquele filme voltam em Duch para serem confrontadas com o depoimento do carrasco Kaing Guek Eav, mais conhecido como Duch, o comandante do genocídio no S21. Só nas últimas cenas o filme revela a condição atual de Duch, mas a sinopse já informa que ele foi o primeiro oficial do Khmer Vermelho a ser condenado por uma corte internacional. Diante da câmera de Rithy Panh, ele desliza entre a assunção da culpa, a alegação de ter servido fielmente a uma ideologia e um tardio e vago arrependimento cristão. Suas reminiscências carregam um tom confessional de quem não espera mais o perdão. De resto, é um monstro capaz de racionalizar até a morte da própria mãe, ao mesmo tempo que o olhar esgazeado, os risos estranhos e as sinistras citações em francês dão conta de um homem frio e impiedoso.

Com seu habitual rigor, Panh usa rápidos flashes de arquivo dos tempos do Khmer como aparições do mundo dos mortos para assombrar o presente. O carrasco manipula e comenta documentos, slogans e fotos com impecável objetividade, enquanto admite ter se esforçado muito para esquecer os crimes que cometeu. Uma certa monotonia funciona como mote para essa minuciosa descrição das entranhas de um período de horror absoluto.

Um comentário sobre “Cara a cara com o monstro

  1. Pingback: Festival do Rio: Túmulos sem Nome | carmattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s