O estádio e a casa

A Semana dos Realizadores exibe hoje (domingo) às 19h15 o doc Satélites, acompanhado do curta  A que Deve a Honra da Ilustre Visita este Simples Marquês?

Em 2006, a decisão da Copa Brasil foi jogada entre Vasco e Flamengo no Maracanã. Um jogo dramático, especialmente para a torcida do Vasco, time que precisava ganhar de dois gols para ser campeão. Satélites, de Leo Bittencourt, narra esse episódio como uma jornada épica vista no contracampo, através de vários personagens que interagem com o que acontece no estádio: um flanelinha que permanece do lado de fora, uma policial, um torcedor do Vasco, os animadores da torcida do Flamengo, uma vendedora de bebidas, um fotógrafo e um narrador de televisão.

O que eles têm em comum, além de estarem ali, é a importância depositada no olhar, seja para acompanhar cada lance da partida, seja para localizar fregueses ou para revistar bolsas. Futebol é atenção, ensina-nos o filme. Nada vemos do que se passa entre as quatro linhas do gramado. Estamos longe do centro e ligados nas circunstâncias. O distanciamento de sete anos retira também todo sentido de atualidade e joga o espectador na simples fenomenologia do espetáculo. Entre o êxtase dos vitoriosos e o desapontamento dos derrotados, entre a relativa indiferença dos profissionais e o engajamento tenso dos torcedores, o futebol se revela como um jogo de perspectivas, um épico particular para cada pessoa que o vivencia.

xxxxxxxxxxxxxxxx

Os paranaenses Rafael Urban e Terence Keller ganharam o prêmio de direção de curtas no Festival de Brasília por A que Deve a Honra da Ilustre Visita este Simples Marquês? Num formato semelhante ao usado em Ovos de Dinossauro, quadros fixos são “entregues” ao personagem para que ele desenvolva sua autonarração/performance. No caso, um velho colecionador e estudioso das coisas paranaenses (“paranistas”) que apresenta os diversos cômodos da sua casa e conta sua história pessoal. Por menos que possam interessar os fatos e objetos apresentados, não há como negar o efeito poderoso do dispositivo, que revela ao mesmo tempo em que esconde um personagem inusitado.           

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s