Até a Chuva

Que a História se repete, não precisamos mais de filmes para dizer. Mas Até a Chuva cria uma ilustração dramática bem interessante para esse aforismo. Mais ainda, por envolver o próprio cinema.

Uma produção espanhola se instala em Cochabamba, na Bolívia, para reconstituir criticamente a chegada de Colombo às Américas. A equipe encontra, porém, um imprevisto: a população está às turras com a polícia para impedir que o provimento de água da cidade seja privatizado por uma multinacional. O fato é verídico, e gerou a chamada “Guerra da Água”, no ano 2000, um dos grandes temas do doc The Corporation. O conflito fornece os músculos e as melhores cenas de Até a Chuva (También la Lluvia), um dos destaques do cinema espanhol no ano passado.

O roteiro de Paul Laverty, habitual colaborador de Ken Loach, é engenhoso na forma como faz espelhamentos entre os fatos históricos e os da realidade atual. A equipe chega disposta a usufruir da barata mão-de-obra local e evitar que os acontecimentos políticos perturbem os planos de filmagem. Assim, ao ouro da colonização vai corresponder a exploração da água. E a repressão dos índios pelos espanhóis do século XVI vai ter um paralelo nos interesses, no oportunismo e na ação corruptora dos produtores do filme de 2000. Numa das passagens mais eloquentes, uma rebelião popular ocorre durante a rodagem de uma cena de massacre dos índios.

A oposição ética que desde cedo separa o diretor (Gael Garcia Bernal) e o produtor (Luis Tosar) do filme-dentro-do-filme soa um tanto esquemática até ser problematizada perto do final. É quando se estabelece o tema da redenção, senão para o cinema, ao menos para um dos personagens. Isso faz com que o filme da diretora Icíar Bollaín se assemelhe bastante a um bom conto moral de Walter Salles. Tanto etica quanto esteticamente, por sinal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s