A demolição

O prenúncio é demolidor. O APARTAMENTO, de Asghar Farhadi, começa com um alarme de evacuação num edifício residencial. A família de Emad e Rana se muda às pressas, enquanto as fendas já aparecem nas paredes e vidraças. No entanto, o seu destino parece já estar traçado. No novo apartamento que passam a ocupar, ainda ficaram os pertences e a má reputação da moradora anterior. Por causa disso, o local é invadido por um visitante misterioso que agride Rana durante o banho. A demolição passa então a ser moral.

Farhadi criou mais uma variante dos seus dramas familiares sufocantes, reflexos do peso que a sociedade iraniana coloca na honra conjugal e na imagem pessoal perante vizinhos, amigos e parentes. A hipótese do estupro, nunca mencionada por nenhuma das partes, lança o marido numa caçada ao invasor e numa confrontação com as noções de vingança e compaixão. Sem qualquer intervenção da polícia ou da lei, tudo precisa ser resolvido na esfera privada mediante o silêncio ou a exposição. Como resultado, uma rachadura na arquitetura do casal vai se formando entre o trauma dela e a obsessão dele.

Embora sempre preciso na condução do elenco e na decomposição dos espaços de convivência por meio de uma montagem excepcionalmente dinâmica, não creio que Farhadi tenha repetido aqui a mesma excelência de “Procurando Elly” e “A Separação”. O APARTAMENTO tem passagens um pouco modorrentas e não consegue tirar grande efeito dos paralelos entre a vida privada do casal e os papéis que eles representam numa montagem de “A Morte do Caixeiro Viajante” (o título original do filme é “Forushande / Vendedor”). Em vez de adensar o drama central, as digressões no teatro e na sala de aula de Emad soam mais como artificios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s