A “música” da imigração

Foto: André U. De Salis

É Tudo Verdade – Uma luz bonita, um ritmo sereno, imagens compostas com cuidado e um sensível desenho sonoro acolhem o espectador de Tokiori – Dobras do Tempo. Tudo muito condizente com a abordagem que Paulo Pastorelo faz dessas seis famílias de imigrantes japoneses do bairro rural de Graminha, perto de Marília (SP). Pastorelo, ele próprio um filho de imigrantes espanhóis, conhece de ouvido a “música” desses expatriados. A convivência com a pequena colônia japonesa na infância é que o levou a coletar fragmentos dessa história.

São histórias de separação, retorno, informações vagas e presentes indecifráveis cruzando os oceanos entre parentes distantes. O filme vai e vem entre o Japão e São Paulo, colhendo lembranças, cartas, filmes domésticos e imagens de arquivo. No final das contas, em função de casamentos cruzados, as seis famílias (muitas originárias da região de Fukushima) acabaram virando quase que uma só.

Não é muito fácil para o espectador se situar em meio a tantos laços, datas e referências. Uma bela instalação é montada com fotos impressas em tecidos, que são dispostos num grande varal. Isso, que poderia ser um dispositivo de identificação para remeter a cada história, infelizmente fica apenas como recurso supérfluo, sem cumprir seu potencial de evocação. O que apreendemos é um sentido um tanto genérico dos dilemas da imigração. São poucos os momentos em que algo de mais sólido emerge diante da câmera – como a vergonha do velho Takeo, ainda hoje, pela derrota do Japão na II Guerra. Mais que pela documentação, Tokiori impõe-se pela tonalidade em que trata o assunto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s