Salve o cinema!

Esse título, infelizmente, não é uma comemoração. É uma exortação e um pedido. Precisamos nos mobilizar para salvar um cinema que tem marcado a vida cultural do Rio de Janeiro nos últimos 25 anos. O Estação Net Rio está sendo ameaçado de despejo a qualquer momento pelos proprietários do imóvel, o Grupo Severiano Ribeiro.

A administração do Grupo Estação vem tentando negociar a permanência do cinema desde o início da pandemia, quando as restrições sanitárias atingiram duramente o setor. Em não se chegando a um acordo, a Justiça determinou o despejo. O GSR pretende construir ali um prédio residencial com área comercial no andar térreo.

O Estação Net Rio é um dos últimos cinemas de rua a resistir no Rio. Isso já seria bastante para justificar uma luta por sua salvação. Mas o conjunto de cinco salas da Rua Voluntários da Pátria é bem mais que um prédio de valor histórico. É um patrimônio cultural, ponto de arte e de encontro muito caro à população da cidade.

Aquele endereço é cinema desde 1944. Eu o frequento desde o fim dos anos 1960, quando era Cinema Botafogo e exibia filmes de consumo bem popular. A partir de 1996, nas mãos do Grupo Estação, o Espaço Unibanco de Cinema e depois Estação Net Rio consagrou-se como um lugar de culto cinéfilo.

Ali assisti a alguns dos melhores filmes das temporadas desde então. O Festival do Rio, inúmeras mostras, debates, lançamentos e até peças de teatro encontraram ali um espaço de acolhimento, simpatia e eficiência. Ali lancei meu primeiro livro, sobre Walter Lima Jr., em 2002. Era o lugar certo de encontrar amigos, trocar ideias à beira de um café e ver os melhores filmes em cartaz na cidade. Um lugar onde o cinema brasileiro foi sempre bem recebido e valorizado.

Ultimamente, o Estação Net Rio vem renascendo da pausa pandêmica com uma programação intensa em parceria com a Cavídeo, que inclui mostras, exposições e eventos diversos. Logo agora que o declínio da Covid-19 entre nós começa a reanimar o setor, a notícia de fechamento das portas soa como uma catástrofe.

A sociedade carioca precisa se manifestar em repúdio a essa perda iminente. Vamos usar de todos os nossos recursos e canais disponíveis para instar o poder público e a iniciativa privada a encontrarem um forma de salvar o Estação Net Rio. Chega de perdas! Chega de destruir a cultura!

Um abaixo assinado está circulando neste link.

2 comentários sobre “Salve o cinema!

  1. O Cinema Estação Net Rio é um patrimônio da cidade do Rio de Janeiro. Não pode ser extinto para atender a sanha assassina da construção civil, que apenas enxerga o lucro.
    Em 2019 mais de 5000 pessoas colaboraram com a mantença do cinema e dos empregos dos funcionários.
    Faço parte dessa pequena família amante do bom cinema há 12 anos. Nele fiz amigos, assisti filmes e festivais e encontrei meu lugar neste mundo.
    #FICAESTACAO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s