Contrastes venezianos

A pedido do editor Paulo Lima, escrevi para a revista eletrônica mensal Balaio de Notícias mais um artigo sobre o que vi na Bienal de Veneza. Dessa vez, tratei dos contrastes entre as obras de arte contemporânea espalhadas pela cidade e o cenário tradicional veneziano.

Para ler a matéria, acesse o Balaio de Notícias.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s