Os faróis de Carlos Alberto Prates

A Adolescente me apresentou um diretor que eu não esperava, primeiro porque sua escrita trazia poucas lembranças do surrealismo, depois porque os enquadramentos do filme eram rigorosos e iluminados com primor por Figueroa. Mas o que me atraiu mesmo foi seu cinema sem maniqueísmos, que tentei homenagear em Cabaret Mineiro numa sequência (agora sim) surrealista, em que o personagem de Nelson Dantas assa e devora uma adolescente no espeto”.

Isto é Carlos Alberto Prates Correia falando de um filme de Buñuel, um dos seus “faróis”. Leia uma entrevista e conheça o restante da lista de Prates no blog Faróis do Cinema. O material foi apurado por Daniel Caetano para a revista Filme Cultura nº 56.

Um comentário sobre “Os faróis de Carlos Alberto Prates

  1. Recebi as revistas e adorei Faróis com o Carlos Alberto Prates.Ele agora está na pré-produção de novo longa, “Terra de grande Beleza” sua volta à ficção,após 24 anos.Esperem que veremos um belo filme.Oxalá!Saudações sertanejas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s