Cinema da solidariedade

Martírio retraça as origens do cerco físico e cultural dos Guarani-Kaiowá desde o pós-Guerra do Paraguai. Em paralelo a seu trabalho de capacitação audiovisual dos índios na ONG Vídeo nas Aldeias e à produção de filmes como O Mestre e o Divino, Vincent Carelli desenvolve os seus próprios registros e investigações sobre a questão indígena no…

Viagem ao Nepal profundo

É pouco provável que a maioria de nós jamais tenha visto um filme do Nepal. Um filme autenticamente nepalês, quero dizer, e não alguma aventura de cinema rico rodada naquele país. Esse é o maior atrativo de NAS ESTRADAS DO NEPAL, primeiro longa do diretor Min Bahadur Bham, vencedor da Semana da Crítica do Festival…

A terceira imagem da tribo

O Mestre e o Divino lança uma camada a mais de observação e complexidade ao modelo de trabalho da ONG Vídeo nas Aldeias. Temos aqui um realizador branco (Tiago Campos) que filma a interação entre um cineasta xavante (Divino Tserewahú) e um missionário alemão que vive e filma entre os índios há mais de 50 anos…

Antropologia das rotinas

O Instituto Moreira Salles está realizando, desde quarta-feira, a mostra Sensory Ethnography Lab de Harvard e o Novo Cinema Antropológico. Com curadoria de Richard Peña, estão sendo exibidos seis filmes produzidos pelo laboratório, além do brasileiro Serras da Desordem, de Andrea Tonacci, incluído por sua relação com a estética dos trabalhos do SEL (veja a…

De Veneza com amor

O documentário Uma Gôndola para Nova Veneza, que vai estrear no Canal Brasil em 16 de setembro às 19h, suscita discussão sobre o valor dos símbolos na preservação da cultura. Nova Veneza é um município catarinense de 13 mil habitantes, quase todos descendentes de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil a partir de 1891. Uma…

Um teleférico no Nepal

Está começando hoje (sexta, 25) no Instituto Moreira Salles (Rio) a mostra Primeiros Encontros, trazendo 12 filmes produzidos de maneira independente em diversos países. A curadoria de Gustavo Beck procurou mapear “diferentes processos de produção, formas de pensar e de fazer cinema, explorando as fronteiras entre a ficção e o documentário ou a interrelação e…

Nelson, enfim

Em 2012 fui convidado por pessoas ligadas à Universidade Federal do Ceará para escrever um texto sobre a obra de Nelson Pereira dos Santos. Sairia num livro dedicado à participação de grandes artistas brasileiros na gestação de uma ideia de nacionalidade. Nelson estaria representando o cinema. Revi então toda a obra disponível do diretor, procurando…

A terceira imagem da tribo

A Semana dos Realizadores se encerra hoje às 21h30 com a sessão de premiação e a primeira exibição no Rio do doc O Mestre e o Divino, premiado como melhor filme, montagem e trilha sonora na competição de longas documentais do último festival de Brasília. O Mestre e o Divino lança uma camada a mais de…

Divas do Xingu

As Hiper Mulheres é um hit de festivais brasileiros: ganhou prêmios em Brasília, Gramado e Curitiba, entre outros, foi exibido com sucesso em vários eventos da Europa e América Latina, e agora chega a seu teste de público (relativamente) comum com o lançamento na simpática Sessão Vitrine.   O filme é fruto maduro do longo…

Tão longe, tão perto

As primeiras imagens de Walachai, ao som do Concerto para dois bandolins de Vivaldi, remetem o espectador a um lugar muito distante. Casinhas floridas espalhadas num vale verdejante, a névoa adoçando a paisagem, uma senhora com jeito de babuschka russa tocando um sino de igreja… Logo virá alguém falando num dialeto alemão, e pronto… Estamos…

As doenças da noite

À meia-noite e quinze de terça para quarta, a Mostra África Hoje do Canal Brasil vai exibir Dança aos Espíritos, realizado pelo cineasta catalão Ricardo Íscar no sul da República de Camarões. O documentário enfoca o trabalho e as ideias de um clínico tradicional, o que nós chamaríamos simplesmente de curandeiro. Para Mba Owona Pierre –…

Antropólogos não são santos

Os filmes de José Padilha são corajosos. Isso implica estarem sempre no lusco-fusco entre a complexidade e o sensacionalismo. Em Garapa, prevaleceu o sensacionalismo. Em Tropa de Elite, as duas coisas se equilibraram e geraram polêmica. Seu último documentário, Segredos da Tribo, junta-se a Ônibus 174 como vitória da complexidade sobre o efeito. Secrets of…

Cartas portuguesas

A correspondência está no cerne desse doc em co-produção luso-brasileira, exibido na noite de abertura da mostra. Tudo começou quando José Eduardo Agualusa publicou as cartas de Fradique Mendes, poeta e aventureiro português que andou pelo Brasil no século XIX e libertou seus escravos antes da abolição, contestando os padrões da época.

Uma cultura à deriva

Uirá foi o maior gesto de sedução de Gustavo Dahl em direção às plateias na sua carreira de diretor. Não chegou a ser um grande sucesso, mas foi recebido como um dos melhores filmes feitos até então sobre a questão indígena.

A poesia das quebradeiras

Em Quebradeiras, pela primeira vez Evaldo Mocarzel dispensa completamente as entrevistas. Valoriza o silêncio, a observação de um cotidiano delicadamente encenado, a edição que às vezes transforma o trabalho em música.

O cinema que vem das aldeias

As Hipermulheres, o premiado longa-metragem de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, abre hoje (terça) às 19 horas, no Teatro SESC Ginástico, no Centro do Rio, uma mostra em homenagem aos 25 anos do projeto Vídeo nas Aldeias. Na verdade, a efeméride foi comemorada no ano passado. Um livro-vídeo foi editado (e será lançado…

A voz humana

Pierre Perrault começou a fazer documentários no rádio, nos anos 1950. Colhia as falas de trabalhadores e gente comum para seu programa na Radio-Canada. Deixou-se seduzir especialmente pelas histórias dos pescadores, marinheiros e caçadores que viviam às margens do rio St. Laurent. Alguns desses personagens seriam levados ao cinema quando surgiram as câmeras leves e…

Rio acima com Meirelles

É Tudo Verdade – Paralelo 10, o primeiro filme de Silvio Da-Rin depois do ótimo Hércules 56, combina diversas tradições do documentarismo brasileiro: o filme de viagem pela Amazônia, na trilha de pioneiros como Silvino Santos e Luiz Thomaz Reis; o filme de personagem, no caso o sertanista José Carlos Meirelles, suas ideias e dilemas;…

Ladrões e Bicicletas

Não sei se tem a ver com a minha chegada, mas ontem (terça) a chuva se foi e o sol se abriu sobre Belo Horizonte. No Palácio das Artes, a turma boa do Fórum Doc BH ocupava o Cinema Humberto Mauro e o café adjacente. Uma pena que a livraria Letras e Artes esteja desmobilizada.…