Bem-vindos ao Brasil-Cunha!

Não quero nem aceito ser parte desse Brasil-Cunha horrendo, nem mesmo como parte vitimada. E a única forma de que disponho para isso é ser o menos brasileiro possível. Renunciar a toda a noção de pertencimento nacional e me declarar uma espécie de apátrida espiritual.

A arte de amar cinema sem amar filmes

O colega crítico Marcelo Lyra deu-se ao trabalho de ler o livro Quando o Caso É de Cinema, a Paixão é um Festival, de Alfredo Bertini, atual Secretário do Audiovisual do MinC golpista. Mais que isso, ele ofereceu uma análise perspicaz e circunstanciada das ideias constrangedoras de Bertini a respeito do cinema, quem sabe agora…

Bye bye, Brasil

Teve golpe. Gritamos muito, até o fim, que não teria, mas a partir de certo ponto já sabíamos que tudo estava cuidadosamente planejado, orquestrado nos bastidores entre os poderes legislativo e judiciário, e que nosso grito não seria ouvido. Não se tratava mais de uma questão de consciência nem de justiça, mas de vontade. O…

Tocando nas feridas da imprensa

Responsável por pelo menos dois clássicos do documentário curto no Brasil, Ilha das Flores e Esta Não é a sua Vida, Jorge Furtado faz um bem-vindo retorno à não-ficção fora da TV com o longa O Mercado de Notícias. Projeto nascido, provavelmente, das objeções do diretor ao comportamento da grande mídia brasileira nos últimos 12…

Na lâmina do ridículo

Pietà venceu o Festival de Veneza e foi o candidato coreano (não indicado) ao Oscar de filme em língua estrangeira. Esta é, sem dúvida, a maior vitória de Kim Ki Duk como enganador de júris de festivais e de críticos condescendentes com o cinema que vem de Seul. Festejado por apreciadores de orientalismo naïf (Primavera, Verão…,…

Pietà

Festival do Rio Na lâmina do ridículo Pietà venceu o Festival de Veneza e é o candidato coreano ao Oscar de filme em língua estrangeira. Esta é, sem dúvida, a maior vitória de Kim Ki Duk como enganador de júris de festivais e de críticos condescendentes com o cinema que vem de Seul. Festejado por…

Longa jornada crise adentro

Nada mais adequado do que o subtítulo de filme-catástrofe sapecado no lançamento brasileiro de Margin Call – O Dia Antes do Fim. O dia C do crack financeiro de 2008 é contado do ponto de vista da primeira empresa que teria escancarado a crise oferecendo-se em holocausto no mercado para que seus mais altos executivos…

A porta giratória

Por mais que a crise americana de 2008 nos tenha afetado com a “marolinha”, e por mais que estejamos iniciados em swaps, subprimes, rating agencies, derivatives, Lehman Brothers & Cia., existe algo que nos escapa completamente em Trabalho Interno. É o potencial catártico de ver tantos vilões gaguejarem mais que Colin Firth em O Discurso…

Casais impossíveis

Diversão de domingo: Uma imagem vale mil palavras. O velho provérbio ganhou uma acepção divertida na comunidade online Worth1000, que desde 2002 mobiliza internautas para brincar com imagens. Eles promovem competições diárias que resultam em entretenimento visual e até alguns escândalos, quando suas fotos inventadas são confundidas com o real. O site conta com orgulho…

A imprensa em seus piores dias

Quem me segue no Twitter tem testemunhado minha recente vergonha com o diploma de jornalista. Não pela profissão em si, uma das mais nobres que existem, mas pelo sentido que ela tem adquirido na grande imprensa brasileira. Estou impressionado com a quantidade de jornalistas-carneirinhos que se prestam ao jogo sujo praticado pelos grandes jornais e…

O estivador do Haiti

Não duvido da seriedade de Sean Penn no Haiti. Desde fins de janeiro, depois de se separar da mulher, Robin, ele está administrando com as próprias mãos uma grande iniciativa de ajuda aos desabrigados de Porto Príncipe. Uma matéria do The Independent descreve a chamada Penn Tent como um exemplo de compromisso, organização, limpeza e eficiência. Bem…

“O filme mais odiado da história”

A cobra vai fumar de novo. A exibição do controvertido documentário Rádio Auriverde na TV Brasil, às 23h da próxima sexta-feira, está reeditando um pouco da celeuma que acompanhou sua estreia há quase 20 anos. Eu era programador do cinema do CCBB quando aconteceu ali a primeira exibição do filme no Rio, em 12/5/1992. A…

Notas sobre o partido da imprensa

1. Há quase oito anos acompanho nos jornalões o que chamo de “colunismo do mas”. Desde o início do governo Lula, articulistas como Merval Pereira e Miriam Leitão, de O Globo, militam na inglória tarefa de semear dúvidas sobre a política econômica. A cada iniciativa ou sucesso do governo, eles admitem o óbvio para logo…

Conta outra

Mentiras sinceras interessam, cantava Cazuza. Mentiras essenciais são o que importa, poetava Waly Salomão. Mas há mentiras que não são sinceras nem essenciais. São puras, deslavadas enganações. Elas surgem a todo momento, especialmente na mídia e na internet. Quantas vezes você não tem vontade de abrir a janela e gritar “Não! Isso é mentira!”. Compreendi que, de…