Uma longa noite kafkiana na Tunísia

A BELA E OS CÃES no streaming

Quem viu recentemente O Homem que Vendeu sua Pele, filme da Tunísia indicado ao Oscar, já conhece o talento e a garra da diretora Kaouther Ben Hania. Seu filme anterior demonstra que ela também encara desafios técnicos. A Bela e os Cães (Aala Kaf Ifrit) descreve, em nove planos-sequência, a via crucis de uma jovem estudante depois de ser estuprada por dois policiais. Mariam conta com a ajuda de um rapaz com quem namorava na hora do incidente, mas que pouco pode fazer por ser um ativista marcado pela polícia.

O filme se baseia num caso real, descrito no livro Culpada por Ter sido Violada, de Ava Djamshidi. A denúncia é de um estupro que se prolonga, em outras formas, enquanto Mariam tenta apresentar uma queixa contra seus violadores. Uma clínica e um hospital se recusam a examiná-la sem o aval da polícia, o que, no caso, é um contrassenso total. Mariam e seu amigo enfrentam policiais e delegados, que insistem em intimidá-los e deturpar a ocorrência em nome do espírito de corpo. A lei e o moralismo social são invocados às avessas para culpar a vítima, num mecanismo cruel e sarcástico que, bem sabemos, não é perversão exclusiva de sociedades opressivas como a tunisiana.

Se A Bela e os Cães não chega a ser um grande filme é pela mão um tanto pesada na caracterização dos personagens e na sucessão implacável de horrores vividos pela protagonista. Enfermeiros, médicos e policiais agem com uma impiedade quase sem nuances, chegando à beira da caricatura. Daí a impressão de estarmos vendo um filme de terror angustiante. Por sua vez, em que pese a coragem de Mariam para levar adiante sua queixa, o desamparo da personagem, expresso de maneira mecânica pela atriz Mariam Al Ferjani, acentua o teor de esquematismo maniqueísta contido já no título.

A divisão em nove planos sem cortes (uma via crucis de nove estações) serve bem à atmosfera daquela longa noite kafkiana. O absoluto controle de luz, movimentos e atuações é uma proeza considerável e responde pelo poder de imantação do filme.

>> A Bela e os Cães está na plataforma Reserva Imovision.

Trailer com legendas em inglês:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s