Hair India

Doc social.  Cameron Diaz e o Bispo Macedo deviam ver esse filme. Ela, para saber de onde exatamente vêm os apliques que usa para alongar as famosas madeixas. Ele, para descobrir mais uma forma possível de explorar os fiéis de suas igrejas. Os documentaristas italianos Raffaele Brunetti e Marco Leopardi escolheram com olho clínico três pequenos núcleos de personagens: um comerciante italiano bem-sucedido no fluxo internacional de cabelos; uma jornalista de fofocas que espera seu aplique e nos guia pelo mundo fashion de Mumbai; e uma paupérrima família de Bengala que faz sua peregrinação religiosa para doar os cabelos à espera de cura e indulgências. É o suficiente para o filme desvelar todo um sistema perverso que tira partido da ignorância, da boa-fé e da tradição hinduísta. O longo processamento dos cabelos na fábrica da Great Lengths é como uma higienização dos laços sociais existentes entre os miseráveis que doam, os templos que vendem e as celebridades que consomem os fios humanos. Uma aula de documentário – sem retórica, sem entrevistas, apenas a observação e a convivência. ♦♦♦♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s