As urnas são para todos

ATÉ O FIM: A LUTA PELA DEMOCRACIA na Amazon Prime

Stacey Abrams é o principal chamariz de Até o Fim: A Luta pela Democracia (All In: The Fight for Democracy). A ativista e escritora esteve perto de se eleger como a primeira governadora negra de um estado americano, a Georgia, em 2018. Perdeu por pouco – e por conta de votos não contabilizados. Sua campanha de inclusão eleitoral, porém, viria a ser fundamental para a vitória de Joe Biden no ano passado. Isso não chega a ser citado no documentário de Liz Garbus e Lisa Cortes, finalizado antes das eleições.

Mas a vigorosa Stacey é pouco mais que um chamariz, já que o eixo principal do filme é uma história da luta pelo direito ao voto nos EUA desde a fundação da república, quando apenas 6% dos cidadãos podiam botar seu voto nas urnas. Primeiro foram as mulheres que adquiriram o direito; depois os negros, com a célebre Marcha de Selma; então vieram os latinos, os ex-presidiários. O Voting Rights Act de 1965 derrubou restrições impostas pelo Sul racista para excluir os afro-americanos do processo eleitoral, como a taxa de votação e os testes de alfabetização.

Mesmo assim, os estados mais conservadores continuaram a criar estratagemas para cercear o direito ao voto sob o pretexto de combater fraudes, como aconteceu ainda em 2018 com a derrota de Stacey Abrams na Georgia. Se, como informa a professora Carol Anderson – a voz mais potente no filme –, a eleição de Barack Obama foi capaz de trazer 15 milhões de novos eleitores, isso não impediu que o processo eleitoral dos EUA seguisse ocupando o posto de menos íntegro entre as democracias ocidentais.

Até o Fim: A Luta pela Democracia é um documentário de corte televisivo tradicional, baseado numa incessante transmissão de informações, dados estatísticos e análises conjunturais sucintas. A participação de Stacey Abrams não chega a tirá-lo desse lugar comum. Sua importância é sobretudo a de um serviço público de esclarecimento. Tanto que os minutos finais se ocupam de orientar diretamente o espectador sobre os cuidados para não ser descartado da votação. Num país onde as eleições são tão cruciais quanto confusas e problemáticas, elucidar as massas é artigo de primeira necessidade.

Trailer sem legendas:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s