Tags

Foto: Veronica Peixoto

Uma homenagem a Victor Giudice na Cinemateca

Se vivo fosse, Victor Giudice (1934-1997) estaria completando hoje (domingo) 82 anos. Quem o conheceu como escritor, professor, músico, ator amador, crítico musical ou simples companheiro de ilimitado carisma, não o esquece jamais. Por isso mesmo um grupo de parentes, amigos e conhecedores da sua obra organizou uma noitada em sua memória amanhã (segunda, 15/2), a partir das 18h30, na Cinemateca do MAM. Todos estão convidados.

Teremos a exibição de trechos de DVD com imagens de Victor lendo um de seus contos e tocando piano, uma mesa redonda informal e uma roda de leitura. A entrada é franca

Participam da mesa:

  • Tereza Virgínia de Almeida, professora de literatura brasileira da UFSC e dedicada estudiosa da obra de Giudice – além de cantora!
  • Suzana Vargas, escritora, diretora da Estação das Letras, criadora das famosas rodas de leitura no CCBB, das quais Victor participou ativamente
  • Miguel Vellinho, professor da UniRio e diretor teatral da Cia PeQuod
  • Marcos Americano, ator e autor teatral
  • Ricardo Cota, curador da Cinemateca do MAM
  • Carlos Alberto Mattos, crítico e pesquisador de cinema

O evento vai dar início a um ciclo de celebrações da memória de Victor Giudice pelos 20 anos de seu falecimento, a se completarem em 2017.

A Cinemateca do MAM fica na Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo – Tel.: (21) 3883 5612

Saiba mais sobre Victor Giudice neste site.

Foto do topo: Veronica Peixoto