As doenças da noite

À meia-noite e quinze de terça para quarta, a Mostra África Hoje do Canal Brasil vai exibir Dança aos Espíritos, realizado pelo cineasta catalão Ricardo Íscar no sul da República de Camarões. O documentário enfoca o trabalho e as ideias de um clínico tradicional, o que nós chamaríamos simplesmente de curandeiro.

Para Mba Owona Pierre – este é o seu nome – existem dois tipos de doença no mundo, assim como dois tipos de loucura: as do dia, que vêm de causas naturais; e as da noite, produzidas por feitiçaria. Contra essas, a medicina moderna, segundo ele, nada pode fazer. Mba Owona Pierre é um especialista em curar os males da noite, de acordo com crenças imemoriais do povo de Camarões. Seus métodos incluem plantas medicinais, intervenções na pele dos enfermos e rituais que envolvem transe, danças e cantos. Ele é também um teórico do seu ofício, e seus escritos fornecem o eixo de todo o filme.

Dança aos Espíritos é um estudo de observação das atividades em sua clínica, onde os supostos efeitos de bruxaria são tratados com rigor quase científico. Não há quase nenhuma intervenção do diretor do filme. Tudo o que ouvimos vem da boca do curandeiro e do povo da aldeia. Por esses relatos se pode medir também a força da tradição oral na transmissão de conhecimentos e de histórias exemplares na cultura africana.

O filme tem uma rica faixa sonora composta de vozes, ruídos ambientais, cantigas de trabalho e cantos de cura. Vale a pena, então, “ver” o filme também com os ouvidos.

Um comentário sobre “As doenças da noite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s