Churchill em visão estreita

Em matéria de decisões difíceis durante a II Guerra, CHURCHILL é o exato oposto de “Dunkirk”. Mas, em vários sentidos, o Primeiro Ministro britânico merecia tratamento melhor.

Festival do Rio: Aspirantes

ASPIRANTES é tanto um filme sobre futebol quanto “2001 – Uma Odisseia no Espaço” é sobre naves espaciais. No primeiro longa de Ives Rosenfeld, o campo e a bola servem apenas como arena onde os dramas do protagonista explodem fisicamente.

Festival do Rio: Encriptado

Esse documentário canadense é um dossiê pormenorizado sobre a disputa do território digital pelos governos e pelo midiativismo independente. Disputa que é não somente de narrativas, mas também tecnológica.

Festival do Rio: Unicórnio

UNICÓRNIO tece sem pressa um conto de fadas psicanalítico, em que o Mal não vem de fora, mas dos venenos que se guarda por dentro. Depois do admirável Sudoeste, Eduardo Nunes volta a auscultar a alma feminina e explorar os desvãos do tempo cinematográfico.

Festival do Rio: Até o Próximo Domingo

ATÉ O PRÓXIMO DOMINGO é um dos mais radicais experimentos de Evaldo Mocarzel na sua já longa viagem pela fronteira entre documentário e teatro. Enquanto a peça “Luís Antonio Gabriela” é um sucesso na vertente do teatro-documentário, o filme pode ser chamado de um documentário-teatro.

Festival do Rio: Los Territorios

O filme de Iván Granovsky se filia a uma escola de documentários latino-americanos autorreflexivos e auto-ironizantes, que frequentemente se referem ao próprio fracasso de suas intenções e procuram desmontar os cânones da verdade documental.

Festival do Rio: Pastor Cláudio

A forma serena, inquisitiva e às vezes perplexa com que Eduardo Passos se dirige ao antigo carrasco representa perfeitamente o olhar do espectador perante o hediondo. O lobo agora em pele de cordeiro, com a Bíblia nas mãos, é um retrato da impunidade em que deslizam até hoje os açougueiros da ditadura.

Festival do Rio: Dina

DINA pode bem ser assistido como um filme de Wes Anderson ou um Todd Solondz light. Personagens fora do comum em ambiente suburbano, levando a vida a meio caminho entre a tragédia e a ternura. A diferença é que Dina Buno e Scott Levin existem de verdade na periferia da Filadélfia.

Festival do Rio: Conversa Fiada

A sinopse de CONVERSA FIADA anuncia uma situação bizarra: filha faz um filme sobre sua mãe para questioná-la sobre o fato de ser lésbica e não dar mostras de amor materno. Mas o que se revela na tela é um delicado exercício de compreensão do outro.