Grande como Tolstoi

O “Guerra e Paz” soviético é um dos filmes mais belos e espetaculares já feitos. Está em versão restaurada com legendas no site da Mosfilm.

O exílio na pele

O documentário brasileiro OS MELHORES ANOS DE NOSSAS VIDAS (2003) e o iraniano THE HOUSE IS BLACK (1962) tratam de doença e isolamento social, e nos fazem refletir sobre o que vivemos hoje. De graça na internet.

Reconstruindo Riachão

Falecido na última segunda-feira, o sambista baiano Samba Riachão teve sua trajetória e sua verve estampadas num belíssimo documentário, vencedor do Festival de Brasília e agora acessível no Youtube.

A cidade sem voz

LA ANTENA é uma ficção científica distópica que dialogava engenhosamente com o cinema mudo bem antes de “O Artista” fazê-lo. Na Netflix.