Outra mulher fantástica

Baseado em história real, TAMARA narra o difícil processo de transição, as perdas e conquistas de Teo Almanza até se tornar uma mulher fantástica.

Lua Lua Land

A intenção de O PRIMEIRO HOMEM é engrandecer a vida de um homem que não tinha muito mais a oferecer do que ter colocado o primeiro pé humano na superfície lunar. 

Pela democracia

Manifesto-convocação, do qual fui um dos signatários, para o grande ato em defesa da democracia na próxima terça-feira, 23/10, a partir das 17h, nos Arcos da Lapa, Rio de Janeiro. 

Da clausura ao palco

Os quadros das “monjas coronadas”, tesouro do barroco colombiano, inspiraram as atrizes Carolina Virgüez e Sara Antunes a idealizarem a peça CORPOS OPACOS, em cartaz até 4/11 no Sesc Copa. Foto: Gabi Gonçalves

O cursor como personagem|

Em BUSCANDO…, nada vemos além de telas e abas de computador em frenética atividade enquanto um pai procura pela filha desaparecida. A trama é engenhosa e o efeito é poderoso.

Viagem a Cabo Verde

A simpatia irradiada por DJON ÁFRICA vem de uma profundidade disfarçada de casualidade. E ainda do mergulho que nos oferece nas paisagens, na música, no idioma crioulo popular e no colorido humano de Cabo Verde.

O longo caminho de Quincy Jones

Somos bombardeados pela produtividade insana de Quincy Jones durante duas horas de filme. Sua história é a de alguém que, tendo nascido no sul de Chicago, acabou escapando pelo talento e por uma resiliência descomunal. Resenha de Paulo Lima

O voto mais decisivo

O país está mergulhado numa onda de ignorância, manipulações e ressentimento que não pode nos levar a bom termo. Precisamos, portanto, prestigiar o campo democrático e progressista o quanto antes, sob pena de ser tarde demais.

Uma fábrica que perdeu o chão

A FÁBRICA DE NADA mistura atores e operários desempregados para ficcionalizar a ocupação de uma fábrica de elevadores nas redondezas de Lisboa. No subtexto, um comentário sobre a crise do capitalismo na Europa, o fim do estado social e os impasses da desindustrialização.

Mujica em thriller carcerário

Embora bem produzido e conduzido com mão firme e elenco competente, UMA NOITE DE DOZE ANOS parece às vezes interessado demais na lógica do espetáculo. Ainda que seja o espetáculo do sofrimento.