Docs no Festival do Rio

O Festival do Rio vai exibir nada menos que 103 documentários. Devo essa informação à gentileza da assessora de imprensa Liliam Hargreaves, que compilou os títulos das várias mostras para facilitar minha cobertura. Compartilho com vocês a lista geral com sinopses e programação. Quanto aos dias e horários das sessões, recomendo confirmar no site ou no programa definitivo, pois são passíveis de modificação.

Alguns amigos me pedem dicas do que há de melhor para ver. Isso é sempre difícil, especialmente no caso dos docs, em que o tema conta muito para definir os interesses de cada um. O que fiz foi destacar em vermelho os títulos nos quais aposto, por vários motivos: a qualidade do diretor, a forma de abordagem sugerida pela sinopse, o meu interesse pessoal pelo assunto, etc, além de uns poucos que já vi e apreciei.

Vamos lá que a lista é grande

A ESCOLA DE BABEL
(La Cour de Babel)
de Julie Bertucelli. Com . França, 2013. 94min,DCP.
Em uma escola secundária no 10º arrondissement de Paris, existe uma turma de adaptação onde alunos imigrantes entre 11 e 15 anos de idade aprendem as primeiras lições de francês. Algumas dessas crianças recém-chegadas conhecem poucas frases na língua do seu país de adoção; outras não sabem falar palavra alguma. Suas famílias vieram de diversas partes do mundo – Irlanda, Senegal, Marrocos, Brasil e China – fugindo de perseguições ou apenas à procura de um novo começo. Da mesma diretora de Desde que Otar partiu. Exibido fora de competição no Festival de Cinema de Roma 2014.

Panorama do Cinema Mundial – (LEP, LI) – 12 anos
QUI (25/9) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
DOM (28/9) 13:15 Estação Botafogo 3
DOM (28/9) 19:40 Estação Botafogo 3
QUA (1/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 18:00 Museu da República

MARTHA ARGERICH – MEU SANGUE
(Argerich)
de Stéphanie Argerich. Com Martha Argerich, Stephen Kovacevitch, Lyda Chen, Annie Dutoit, Stéphanie Argerich. França / Suíça, 2012. 95min,DCP.
A rotina do casal de pianistas Martha Argerich e Stephen Kovacevich, dois gigantes da música clássica, através do olhar de sua filha caçula, Stéphanie. Um retrato de família intimista que questiona a relação entre uma mãe soberana e suas três filhas. Como conciliar a maternidade e a carreira artística, a realização pessoal e a conjugal? Este documentário carinhoso convida o espectador a vivenciar a intimidade de uma casa, sem qualquer restrição, em uma imersão profunda na galáxia dos Argerich, uma família feminina e matriarcal um tanto quanto incomum.
Itinerários Únicos – (LEP, LI) – 14 anos
SAB (27/9) 15:00 Cinepolis Lagoon 3
DOM (28/9) 20:00 Instituto Moreira Salles
QUI (2/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (3/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (4/10) 15:40 Estação Botafogo 3

**

NAN GOLDIN – LEMBRO DO SEU ROSTO
(Nan Goldin – I Remember Your Face)
de Sabine Lidl. Com Nan Goldin, Clemens Schick, Käthe Kruse, Joachim Sartorius, Piotr Nathan, Christine Fenzl, Guido Costa, Jack Ritchey, Thomas Dupal. Alemanha / Austrália / Suíça, 2013. 62min,DCP.
Um retrato pessoal da fotógrafa nova-iorquina Nan Goldin. Acompanhamos a artista em paz com sua câmera durante uma viagem entre Paris e Berlim, onde Goldin reencontra velhos amigos e, com a ajuda deles, reflete sobre diferentes estágios de sua vida transformadora. O exercício lhe traz profundos insights sobre a alma, tocando em momentos melancólicos sem nunca deixar de lado o bom humor peculiar da artista. Com uma estrutura narrativa construída por slide shows e fotografias exclusivas de Goldin, os momentos íntimos e a relação com seus amigos ganham uma intensidade especial.
Itinerários Únicos – (LEP) – 14 anos
QUI (25/9) 20:00 Museu da República
SAB (27/9) 14:00 Estação Ipanema 1
TER (30/9) 18:00 Instituto Moreira Salles
SEX (3/10) 17:00 Estação Rio 3

**

PROCURANDO FELA KUTI
(Finding Fela)
de Alex Gibney. Com Femi Kuti, Paul McCartney. Estados Unidos, 2014. 119min,DCP.
Fela Kuti, com sua roupa toda amarela, se dirige ao público do lendário show na Alemanha dos anos 1970: “99% das informações que vocês têm a respeito da África está errada”. Assim começa este documentário sobre este grande artista nigeriano, criador da revolução cultural do afrobeat, cuja apropriação da cultura pop negra norte-americana deflagrou uma arte atualíssima que vai além da música, da dança, da performance e da política. O filme reúne depoimentos de colaboradores e descendentes de Fela, além de imagens de arquivo de shows. Exibido no Sundance Film Festival 2014.
Midnight Música – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 19:15 C.C. Justiça Federal 2
SAB (27/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 2
QUA (1/10) 16:20 Instituto Moreira Salles
SAB (4/10) 23:30 Estação Rio 3
SEG (6/10) 14:00 CCBB – Cinema 1

**

UM VERÃO DE LIBERDADE
(Freedom Summer)
de Stanley Nelson. Com Julian Bond, Rita Schwerner Bender, Bob Moses, Pete Seeger, Tracy Sugarman, Dorothy Zellner. Estados Unidos, 2013. 113min,digital.
“Rache o Mississippi e você terá rachado o Sul.” Essa foi a estratégia usada por mais de 700 estudantes universitários que cruzaram o estado segregacionista em 1964 para registrar eleitores negros. Através de entrevistas e imagens históricas, o documentário revisita o conturbado verão de 1964 no estado, um período de ativistas pelos direitos civis. O filme destaca a atuação de Robert Moses em sua campanha, que trouxe milhares de voluntários ao estado para participarem da Convenção Nacional Democrata. Exibido no Sundance Film Festival 2014.
Fronteiras – (LEP, VO) – 14 anos
QUI (25/9) 16:30 C.C. Justiça Federal 2
TER (30/9) 17:00 Estação Rio 3
QUI (2/10) 14:00 Cine Joia
SAB (4/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
DOM (5/10) 21:45 Estação Botafogo 3

**

VIETNÃ: BATENDO EM RETIRADA
(Last Days in Vietnam)
de Rory Kennedy. Com . Estados Unidos, 2013. 98min,digital.
Nos últimos dias da Guerra do Vietnã, os EUA têm apenas uma equipe mínima de diplomatas e agentes militares ainda no país. Com a inevitável vitória comunista, os americanos precisam lidar com a possível prisão e até mesmo execução de muitos aliados e famílias sul-vietnamitas enquanto uma evacuação oficial demora mais que o necessário, graças a um exagerado otimismo do embaixador americano. Lutando contra o tempo e sob cerco inimigo, membros do exército americano começam a realizar operações não autorizadas ​​em um esforço desesperado para salvar vidas sul-vietnamitas. Sundance 2014.
Fronteiras – (LEP, VO) – 14 anos
QUI (25/9) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
SEX (26/9) 14:00 Cine Joia
QUA (1/10) 16:00 Estação Botafogo 3
QUA (1/10) 21:15 Estação Botafogo 3
SEX (3/10) 14:30 C.C. Justiça Federal 2

**

LIFE ITSELF – A VIDA DE ROGER EBERT
(Life Itself)
de Steve James. Com Roger Ebert, Chaz Ebert, Raven Ebert, Ava DuVernay, Ramin Bahrani. Estados Unidos, 2014. 118min,digital.
O crítico de cinema Roger Ebert foi um dos nomes mais conhecidos de seu ofício. Vencedor do prêmio Pulitzer, era um rosto popular devido a seu longevo programa de televisão e à criação dos “thumbs up” para classificar um bom filme. Este documentário mostra os últimos meses de vida de Ebert, ao lado de sua esposa Chaz e de sua família, com seu espírito batalhador e seu bom humor, na luta contra um câncer que o impediu de falar. Com produção executiva de Martin Scorsese, o longa é baseado também no livro de memórias Life Itself, escrito por Ebert em 2011. Sundance Film Festival 2014.
Filme Doc – (LEP, VO) – 12 anos
QUI (25/9) 19:45 Instituto Moreira Salles
SEX (26/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 1
DOM (28/9) 14:00 Oi Futuro Ipanema
SEG (6/10) 17:40 Estação Rio 3

**

A JORNADA FANTÁSTICA DE GEORGE TAKEI
(To Be Takei)
de Jennifer M. Kroot. Com George Takei, Brad Takei, William Shatner, Leonard Nimoy, Nichelle Nichols, Howard Stern, Dan Savage. Estados Unidos, 2014. 95min,digital.
Da infância em um campo de concentração norte-americano durante a Segunda Guerra Mundial a piloto da nave intergaláctica Enterprise, celebridade da internet e ativista, o ator George Takei – o comandante Sulu da série clássica Star Trek – viveu uma jornada cheia de surpresas. Acompanhando Takei e seu marido Brad em sua luta diária para defender os direitos dos homossexuais enquanto preparam um musical baseado na experiência de infância do ator, o documentário mostra a vida pública e os momentos íntimos desse casal divertido e adorável. Seleção oficial do Sundance Film Festival 2014.
Midnight Docs – (LEP) – 14 anos
QUI (25/9) 15:30 CCBB – Cinema 1
SAB (27/9) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
SEX (3/10) 15:50 Estação Botafogo 3
SEX (3/10) 21:15 Estação Botafogo 3
SAB (4/10) 16:30 C.C. Justiça Federal 2

**

NÓS, O GIGANTE ACORDADO
(We Are the Giant)
de Greg Barker. Com Osama Bensadik, Ghassan Yassin, Motaz Murad, Zalnab Al Khawaja, Maryam al-Khawaja. Estados Unidos / Reino Unido, 2014. 90min,digital.
Cidadãos comuns enfrentam as mesmas questões morais que definiram líderes revolucionários ao longo dos tempos, desde Jefferson até Che Guevara e Nelson Mandela. O filme apresenta as escolhas de seis figuras extraordinárias diante do dilema universal que se impõem durante as lutas por justiça e liberdade: pegar em armas e lutar ou defender a mudança através da paz e da não violência? Enfrentando a realidade de um regime brutal, cada um deles fará a dolorosa escolha que o definirá. Exibido no Sundance Film Festival 2014.

Fronteiras – (LEP, LI) – 14 anos
SAB (27/9) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
TER (30/9) 16:00 Estação Botafogo 3
TER (30/9) 21:30 Estação Botafogo 3
SEX (3/10) 14:00 Cine Joia
SAB (4/10) 14:30 C.C. Justiça Federal 2

**

CRIADO NA INTERNET: A HISTÓRIA DE AARON SWARTZ
(The Internet’s Own Boy)
de Brian Knappenberger. Com . Estados Unidos, 2014. 105min,DCP.
A história do programador e ativista Aaron Swartz. De sua ajuda no desenvolvimento básico do protocolo RSS até se tornar cofundador do Reddit, sua marca está por toda a internet. Seu trabalho inovador e sua abordagem agressiva ao acesso à informação o envolveram em uma batalha judicial de dois anos promovida pelo próprio governo dos EUA. Uma batalha que acabou por tirar sua própria vida aos 26 anos e se tornou uma lição sobre o quanto perdemos quando estamos cegos e surdos sobre o poder da tecnologia e sua relação com as nossas liberdades civis. Sundance Film Festival 2014.
Itinerários Únicos – (LEP, VO) – 12 anos
SEX (26/9) 14:00 Instituto Moreira Salles
DOM (5/10) 16:40 Estação Rio 3
SEG (6/10) 20:00 Oi Futuro Ipanema
TER (7/10) 16:00 Cine Joia

**

PROP 8: O CASAMENTO GAY EM JULGAMENTO
(The Case Against 8)
de Ben Cotner, Ryan White. Com . Estados Unidos, 2013. 112min,DCP.
Retrato dos bastidores de uma das mais importantes batalhas por direitos civis nos EUA. O documentário acompanha o histórico julgamento responsável por derrubar a emenda constitucional que bania o casamento homossexual na Califórnia, desde a formação da aliança improvável entre os advogados Ted Olson e David Boies, que se enfrentaram anteriormente no caso Bush vs. Gore, ao casamento dos requerentes, dois casais homossexuais cujas famílias se viram no epicentro da polêmica em torno do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Melhor direção em documentário no Sundance Film Festival 2014.
Midnight Docs – (LEP, VO) – 12 anos
SEG (29/9) 16:00 Cine Joia
SAB (4/10) 20:45 Estação Rio 3
SEG (6/10) 17:50 CCBB – Cinema 1
QUA (8/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 1

**

ESPETÁCULO: O JULGAMENTO DE PAMELA SMART
(Captivated, The Trials of Pamela Smart)
de Jeremiah Zagar. Com Pamela Smart, Joyce Chopra, Robert Juceam, Paul Maggiotto, Joyce Maynard, Eleanor Pam, Daniel Pelltier, Bill Spencer, Richard Sherwin, Paul Twomey, Mark Sisti. Estados Unidos / Reino Unido, 2014. 102min,DCP.
Em 1991, o público norte-americano assistiu pela primeira vez à transmissão de um julgamento pela televisão. Pamela Smart era acusada de matar o marido com a ajuda de seu amante, um adolescente de 16 anos. O caso teve enorme repercussão na mídia, inspirando uma série de livros, programas de TV e filmes – entre eles Um sonho sem limites, dirigido por Gus Van Sant e estrelado por Nicole Kidman em 1995. O documentário propõe um novo olhar sobre a maneira como o julgamento foi televisionado e tenta avaliar o papel da mídia e da opinião pública no resultado final. Sundance Film Festival 2014.
Midnight Docs – (LEP, VO) – 14 anos
SEX (26/9) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
SEG (29/9) 15:45 Estação Botafogo 3
SEG (29/9) 21:20 Estação Botafogo 3
TER (30/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 2
QUA (1/10) 16:00 Museu da República

**

NICK CAVE – 20.000 DIAS NA TERRA
(20.000 Days on Earth)
de Iain Forsyth, Jane Pollard. Com Nick Cave, Warren Ellis, Kylie Minogue, Ray Winstone, Darian Leader, Blixa Bargeld. Reino Unido, 2013. 95min,DCP.
Um vislumbre da mente de Nick Cave, compositor lendário, estrela do rock e líder da banda The Bad Seeds. O filme acompanha Cave por um dia fictício, entre o real e o imaginário, sessões de análise, encontro com músicos, dirigindo seu carro para passageiros especiais, falando do presente e do passado, enquanto busca por inspiração. Uma chance única de conhecer o processo criativo de um dos músicos mais inventivos de nosso tempo. Dirigido pela dupla de artistas visuais Iain Forsyth e Jane Pollard. Exibido no Sundance Film Festival e no Festival de Berlim 2014.
Midnight Música – (LP, LP) – 12 anos
QUI (25/9) 15:40 Estação Ipanema 2
QUI (25/9) 22:00 Estação Ipanema 2
SEG (29/9) 16:00 Estação Rio 2
DOM (5/10) 18:10 Museu da República

**

MR LEOS CARAX
(Mr Leos CaraX)
de Tessa Louise-Salomé. Com Denis Lavant, Richard Brody, Caroline Champetier, Harmony Korine, Gilles Jacob, Kylie Minogue. França, 2014. 72min,digital.
Misterioso, brilhante, incontrolável são palavras usadas ​​para descrever o cineasta Leos Carax, para o bem e para o mal. Mr. Carax foi de sucesso promissor como um jovem e poético cineasta – com Boy Meets Girl e Sangue ruim – a um gênio louco e controverso, que passou anos até conseguir fazer um novo filme – Holy Motors, uma das obras mais adoradas dos últimos anos. Apresentando entrevistas com críticos e membros de sua equipe, além de momentos íntimos com Carax, o filme nos dá um retrato único deste gênio – e de seu perfeito alter ego, o enigmático ator Denis Levant. Sundance 2014.
Filme Doc – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 13:00 Estação Rio 3
QUI (25/9) 20:15 Estação Rio 3
SAB (27/9) 16:00 Cine Joia
TER (30/9) 14:00 Oi Futuro Ipanema
SAB (4/10) 22:00 Estação Botafogo 3

**

VIEMOS EM PAZ
(We Come as Friends)
de Hubert Sauper. Com . França / Áustria, 2014. 105min,DCP.
Em uma viagem pela África, o diretor Hubert Sauper registra o momento político do maior país do continente, o Sudão, revelando como o território está sendo dividido pelo choque do neocolonialismo. Sob o interesse de potências externas, o país vive novos episódios de conflitos sangrentos em nome de sua terra e recursos. Sob esse cenário, transitam trabalhadores da indústria do petróleo, as forças de paz da ONU, senhores da guerra sudaneses e missionários americanos, protagonistas políticos do país hoje. Vencedor do Peace Film Prize durante o Festival de Berlim 2014.

Fronteiras – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 16:00 Cine Joia
DOM (28/9) 16:00 Estação Botafogo 3
DOM (28/9) 21:30 Estação Botafogo 3
SEG (29/9) 14:00 Oi Futuro Ipanema
QUA (1/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1

**

SARAH LUCAS: ESCULTORA
(About Sarah)
de Elisa Miller. Com Rodolfo Cervantes Diaz, Sadie Coles, Pauline Daley, Paul Harte. México / Reino Unido, 2014. 76min,DCP.
A geração de 1992 presenciou um fenômeno mundial na arte contemporânea quando o colecionador Charles Saatchi lançou e promoveu a marca Young British Artists, um grupo de novos talentos britânicos embalados pela onda da Cool Britannia. Ao lado de nomes como Damien Hirst, Tracey Emin e Chris Ofili, a artista plástica Sarah Lucas conquistou o mundo da arte ao abordar seus temas favoritos: sexo, morte e religião. Hoje, com quase 50 anos, a artista trabalha em uma exposição individual no México, enquanto fuma, bebe e reflete sobre sua vida e seu trabalho. Festival de Roterdã 2014.
Itinerários Únicos – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 16:30 Cinepolis Lagoon 4
SAB (4/10) 17:30 Instituto Moreira Salles
DOM (5/10) 16:00 CCBB – Cinema 1
QUA (8/10) 20:00 Oi Futuro Ipanema

**

CATEDRAIS DA CULTURA – PARTE 1 3D
(Cathedrals of Culture)
de Wim Wenders, Michael Glawogger, Michael Madsen, Robert Redford, Margreth Olin, Karim Aïnouz. Com . Alemanha / Áustria / Dinamarca / Noruega, 2013. 86min,DCP.
“Se os edifícios pudessem falar, o que eles diriam sobre nós?” Neste documentário, seis cineastas oferecem suas respostas para a pergunta a partir de seis marcos da arquitetura mundial. Filmado em 3D, a primeira parte explora a forma da Filarmônica de Berlim; da Biblioteca Nacional da Rússia e do presídio de Halden, na Noruega; e reflete sobre como cada uma dessas edificações abriga nossa cultura e memória coletiva. A segunda parte (sobre o Instituto Salk, na costa da Califórnia; a Ópera de Oslo e o Centro Pompidou, em Paris) também será exibida nesta edição do Festival. Berlim 2014.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP) – 14 anos
QUI (2/10) 22:15 Cinepolis Lagoon 5
DOM (5/10) 19:00 São Luiz 3 [SL343]

**

RESISTÊNCIA NATURAL
(Natural Resistance)
de Jonathan Nossiter. Com Stefano Bellotti, Elena Pantaleoni, Giovanna Tiezzi, Corrado Dottori, Gianluca Farinelli. Itália / França, 2014. 86min,DCP.
Dez anos depois de Mondovino, o polêmico documentário sobre a indústria do vinho frente à globalização, o enólogo, especialista e articulista Jonathan Nossiter retoma seu assunto favorito, dessa vez em passeios pelos vinhedos italianos em encontros com um grupo de produtores alternativos locais. Nessa troca de experiências, o que parecia um paraíso bucólico, onde a produção de vinho se dá através de métodos orgânicos, revela-se na verdade um campo de batalha entre pequenas associações e a grande indústria agrícola. Mostra Panorama do Festival de Berlim e Festival de Toronto 2014.

Meio Ambiente – (LEP, LI) – Livre
SAB (27/9) 16:00 Instituto Moreira Salles
QUI (2/10) 15:20 Estação Rio 2
QUI (2/10) 21:15 Estação Rio 2
DOM (5/10) 16:00 Cine Joia
TER (7/10) 20:00 Estação Ipanema 2
QUA (8/10) 14:00 Cinepolis Lagoon 4

**

VULVA 3.0
(Vulva 3.0)
de Claudia Richarz, Ulrike Zimmermann. Com Mithu Sanyal, Claudia Gehrke, Laura Méritt, Wilfried Schneider, Angelika Beck. Alemanha, 2014. 79min,DCP.
Mostrar a vulva amedronta ursos e leões, faz o trigo crescer mais alto, acalma as marés vivas e os demônios temem. O diabo foge. Mostrar a vulva pode salvar o mundo. A vulva é onipotente. Ainda que a nudez não seja mais um tabu, a apresentação da vagina incomoda muito. Esse documentário é o resultado de uma pesquisa abrangente e não sensacionalista sobre a história da anatomia feminina desde o século XVI aos dias de hoje, abordando não apenas a censura, proibições, erros anatômicos e mutilações impostas a ela, como também a beleza e originalidade do órgão do prazer das mulheres.

Midnight Docs – (LEP) – 18 anos
QUI (25/9) 14:50 Estação Rio 3
SAB (27/9) 15:00 Cinepolis Lagoon 1
SAB (4/10) 18:00 Museu da República
SEG (6/10) 16:15 CCBB – Cinema 1
TER (7/10) 22:00 Estação Botafogo 3

**

O CASO GALÁPAGOS – QUANDO SATÃ VEIO AO PARAÍSO
(The Galapagos Affair: Satan Came to Eden)
de Dayna Goldfine, Dan Geller. Com Cate Blanchett, Diane Kruger, Thomas Kretschmann, Sebastian Koch, Josh Radnor. Estados Unidos, 2013. 120min,DCP.
Em 1929, Friedrich Ritter, um médico alemão obcecado por Nietzsche, fugiu com sua amante para uma das ilhas de Galápagos para viver longe das regras da sociedade. Logo os dois foram seguidos por outros imigrantes, como a família Wittmer e a excêntrica baronesa Eloise Von Wagner, que desapareceu sem deixar vestígios, meses depois, junto com seu amante. O filme usa imagens de arquivo, entrevistas e cartas (lidas por atores como Cate Blanchett e Diane Kruger) para tentar solucionar o mistério e contar a história de um grupo de pessoas em busca de um paraíso utópico. Festival de Berlim 2014.
Midnight Docs – (LEP, LI) – 14 anos
SEX (26/9) 14:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (26/9) 20:00 Oi Futuro Ipanema
DOM (28/9) 19:15 C.C. Justiça Federal 2
SEG (29/9) 13:00 Estação Rio 3
QUI (2/10) 17:45 Estação Botafogo 3

**

MARCA D’ÁGUA
(Watermark)
de Jennifer Baichwal, Edward Burtynsky. Com . Canadá, 2013. 75min,digital.
A água é fundamental para a sobrevivência de qualquer ser vivo. Nós, seres humanos, interagimos com este elemento de diversas formas, várias vezes ao dia. Mas será que precisaremos ser confrontados com a escassez para enfim refletirmos sobre o uso que fazemos dela? De fazendas flutuantes na China a perfurações de gelo na Groenlândia, esta é uma reunião de diversas histórias sobre a nossa relação com a água e as consequências desta relação. Uma verdadeira imersão em um mundo definido por esta magnífica força da natureza. Exibido no Festival de Toronto 2013.
Meio Ambiente – (LEP) – 12 anos
QUI (25/9) 16:00 Instituto Moreira Salles
SEG (29/9) 17:15 Estação Rio 3
TER (30/9) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
QUI (2/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 2
SEX (3/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema

**

O CIDADÃO HIMMLER
(Der Anständige)
de Vanessa Lapa. Com Tobias Moretti, Sophie Rois, Antonia Moretti, Lenz Moretti, Pauline Knof. Israel / Áustria / Alemanha, 2014. 94min,DCP.
Em maio de 1945, soldados da 88a Divisão de Infantaria Americana ocuparam a casa dos Himmler no Lago Tegernsee, onde descobriram centenas de cartas, documentos, jornais e fotografias. Fazendo uso deste material e de um abundante acervo pessoal, o longa esboça a biografia do comandante Heinrich Himmler, supervisor do campo de concentração de Auschwitz que cometeu suicídio em maio de 1945. Como este nacionalista de classe média baixa se tornou capanga de Hitler e responsável pela execução de milhões de judeus, comunistas e ciganos? Qual foi a origem de sua ideologia? Berlim 2014.
Itinerários Únicos – (LEP, LI) – 14 anos
SEX (26/9) 18:00 Instituto Moreira Salles
DOM (28/9) 20:10 Oi Futuro Ipanema
TER (30/9) 20:10 Museu da República
QUI (2/10) 16:00 Estação Botafogo 3

**

LAST HIJACK
(Last Hijack)
de Tommy Pallotta, Femke Wolting. Com . Holanda / Alemanha / Irlanda / Bélgica, 2014. 83min,DCP.
Um olhar sobre o fenômeno da pirataria na Somália. Usando animação, documentário e dramatização, o filme conta a história de como o somali Mohamed se tornou um pirata até o momento em que precisa decidir se continua capturando navios ou começa uma nova vida com sua noiva. Sequências de animação mostram como os navios são capturados e descrevem a infância de Mohamed em meio à seca e à guerra. Entre a vida difícil e de extrema pobreza de seu país e a realidade perigosa e ilegal, porém luxuosa, da pirataria, Mohamed tem uma dura escolha pela frente. Sundance e Mostra Panorama, Berlim 2014.
Midnight Docs – (LEP, LI) – 12 anos
QUI (25/9) 20:00 Cine Joia
SAB (27/9) 16:00 Oi Futuro Ipanema
DOM (28/9) 13:00 Estação Rio 3
DOM (28/9) 19:30 Estação Rio 3
SEG (6/10) 21:45 Estação Botafogo 3

**

CÂMERA ESCURA: OS FOTÓGRAFOS NEGROS E A EMERGÊNCIA DE UMA RAÇA
(Through A Lens Darkly: Black Photographers and the Emergence of a People)
de Thomas Allen Harris. Com Carrie Mae Weems, Lorna Simpson, Hank Willis Thomas, Lyle Ashton Harris, Glenn Ligon. Estados Unidos, 2014. 92min,digital.
Inspirado pelo livro Reflections in Black, de Deborah Willis, o diretor Thomas Allen Harris investiga como o legado de fotógrafos afro-americanos tem desempenhado um papel importante na formação da identidade e emergência social dos negros no território americano, da escravidão à atualidade. O documentário apresenta trabalhos de fotógrafos como Hank Willis Thomas, Deborah Willis e Glenn Ligon, artistas que desafiam os arquétipos da representação da cultura negra americana, demonstrando por meio de sua obra os poderes redentores da arte. Exibido no Sundance Film Festival 2014.
Fronteiras – (LEP, VO) – 14 anos
QUA (1/10) 19:00 Estação Rio 3
SEX (3/10) 16:00 CCBB – Cinema 1
SAB (4/10) 18:30 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 14:30 C.C. Justiça Federal 2

**

MUITO ALÉM DAS PATRICINHAS DE BEVERLY HILLS
(Beyond Clueless)
de Charlie Lyne. Com Fairuza Balk. Reino Unido, 2014. 90min,digital.
Narrado pela estrela adolescente cult Fairuza Balk (de Jovens bruxas), o documentário se propõe a dissecar a alma dos filmes adolescentes, usando como base mais de 200 clássicos modernos do gênero. Financiado por mais de 500 apoiadores através do kickstarter, o longa mostra o amadurecimento dos filmes que abordam temas e personagens da high school norte-americana na era pós John Hughes através da investigação das estruturas narrativas de filmes como As patricinhas de Beverly Hills, Eu sei o que vocês fizeram no verão passado e Meninas malvadas. SXSW 2014.
Midnight Docs – (LEP, VO) – 12 anos
SAB (27/9) 13:45 Estação Rio 3
DOM (28/9) 20:10 Museu da República
SAB (4/10) 20:10 Estação Botafogo 3
TER (7/10) 18:00 Cine Joia

**

FELIZ POR SER DIFERENTE
(Felice chi è diverso)
de Gianni Amelio. Com . Itália, 2014. 97min,DCP.
Em uma cidade no norte da Itália, um casal de gays fala sobre sua relação que já dura décadas. Em outro canto do país, um homem descreve como foi abusado por seu pai por conta de sua orientação sexual, enquanto outro enumera sua prolífera vida sexual e menciona numerosos políticos homossexuais. Homens gays de diversas classes sociais e regiões da Itália têm algo a dizer e discutir sobre as diferentes condições que determinam a vida gay no país. Suas histórias, muitas vezes de isolamento, discriminação, sofrimento e violência, revelam, por fim, projetos para uma vida feliz. Berlim 2014.
Filme Doc – (LEP, LI) – 14 anos
SEG (29/9) 16:00 CCBB – Cinema 1
TER (30/9) 14:00 Estação Botafogo 3
TER (30/9) 18:00 Estação Botafogo 3
QUI (2/10) 13:45 Instituto Moreira Salles
DOM (5/10) 20:00 Oi Futuro Ipanema

**

DIOR E EU
(Dior et Moi)
de Frédéric Tcheng. Com . França, 2014. 89min,DCP.
Uma visão única dos bastidores da criação do estilistas Raf Simon em sua primeira coleção de alta costura para a lendária maison Christian Dior. Em seu primeiro ano como diretor artístico da marca, Simon abriu as portas da instituição para as câmeras deste documentário, dando acesso irrestrito ao dia a dia corrido e cheio de pressões de toda a equipe da marca. Criada em 1947, a Dior viria a se tornar um dos maiores símbolos da moda e do estilo no século XX, legado que sobrevive até hoje. Do diretor de Diana Vreeland: O olhar tem que viajar e Valentino: The Last Emperor. Tribeca 2014.
Itinerários Únicos – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 18:00 Museu da República
SAB (27/9) 18:00 Instituto Moreira Salles
TER (30/9) 16:10 Estação Rio 3
QUI (2/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 20:00 Oi Futuro Ipanema

**

SOBRE SUSAN SONTAG
(Regarding Susan Sontag)
de Nancy Kates. Com Patricia Clarkson. Estados Unidos, 2014. 101min,digital.
Um estudo íntimista sobre uma das pensadores mais influentes do século XX. Sempre curiosa e franca, Susan Sontag se tornou um dos ícones literários, políticos e feministas mais importantes de sua geração. Acompanhamos momentos-chave de sua vida por meio de imagens de arquivo, relatos de amigos, familiares e amantes, assim como por suas próprias palavras, lidas pela atriz Patricia Clarkson. Da sua paixão precoce pelos livros à sua primeira experiência em um bar gay; de seu primeiro casamento à sua última companheira, o filme lança um olhar fascinante sobre uma mulher extraordinária.
Itinerários Únicos – (LEP) – 14 anos
QUI (25/9) 17:45 Instituto Moreira Salles
SAB (27/9) 17:00 C.C. Justiça Federal 2
SEG (29/9) 20:00 Oi Futuro Ipanema
SAB (4/10) 14:40 Estação Rio 3

**

O ÚLTIMO PRODUTOR DE TEATRO
(The Last Impresario)
de Gracie Otto. Com Michael White, Naomi Watts, Kate Moss, John Cleese. Austrália, 2013. 85min,DCP.
Michael White foi a pessoa mais famosa do mundo que você nunca ouviu falar. Empresário londrino, o playboy bon vivant foi o responsável por transformar a cena cultural britânica nos anos 1970, e produziu mais de 300 espetáculos e filmes durante os seus 50 anos de carreira, como Rocky Horror Picture Show e Monty Python – Em busca do cálice sagrado. Hoje, aos 70 anos, ele ainda gosta de festejar a vida como se não houvesse amanhã. Neste documentário intimista, a cineasta Gracie Otto nos apresenta este fenômeno maior que a vida em uma homenagem a um legado cultural notável.
Itinerários Únicos – (LEP, VO) – 14 anos
SEX (3/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema
SAB (4/10) 12:40 Estação Rio 3
SAB (4/10) 18:30 Estação Rio 3
SEG (6/10) 20:00 Cine Joia
QUA (8/10) 14:00 Instituto Moreira Salles

**

A CÉU ABERTO
(À ciel ouvert)
de Mariana Otero. Com . França / Bélgica, 2013. 112min,digital.
Alysson observa seu corpo com estranhamento. Evanne se sacode e gira até ficar tonta e cair. Amina não consegue fazer com que as palavras saiam de sua boca. Na fronteira franco-belga, há um lugar que se dedica a cuidar de crianças com problemas mentais e sociais. Dia após dia, os adultos tentam entender o enigma que cada um deles representa e propõem soluções que irão ajudá-los a viver melhor. Através dessas historias, A céu aberto nos revela sua singular forma de ver o mundo.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP, LI) – 14 anos
SEG (29/9) 13:45 CCBB – Cinema 1
SEX (3/10) 21:00 Estação Rio 3
SEG (6/10) 17:15 Oi Futuro Ipanema
TER (7/10) 16:00 Museu da República

**

PULP – VIDA, MORTE E SUPERMERCADOS
(Pulp)
de Florian Habicht. Com Jarvis Cocker, Candida Doyle, Steve Mackey, Nick Banks, Mark Webber, Richard Hawley. Reino Unido, 2014. 93min,DCP.
Pelas ruas de Sheffield, pelos bairros proletários, o documentário traça uma biografia peculiar da trajetória incomum da banda inglesa Pulp, que celebrou 35 anos de carreira em um show registrado em sua cidade natal. Pulp, o filme, está cheio de música e tem como subtítulo “um filme sobre vida, morte e supermercados”, pois mergulha fundo no pervertido senso de humor, nas peculiaridades e paixões da classe trabalhadora inglesa, um extenso material de poesia para a emblemática banda. Exibido no SXSW 2014.
Midnight Música – (LEP, VO) – 14 anos
QUA (1/10) 14:00 CCBB – Cinema 1
SEX (3/10) 23:40 Estação Rio 3
QUA (8/10) 16:30 C.C. Justiça Federal 2

**

QUE CARAMBA É A VIDA
(Dieses schöne Scheissleben)
de Doris Dörrie. Com María del Carmen, Las Estrellas de Jalisco, Las Pioneras de Mexico. Alemanha, 2014. 86min,digital.
Documentário sobre a tradição dos mariachis na Cidade do México, por dentro da exuberante cultura mexicana e da vida de alguns músicos, sobretudo de um grupo de mulheres de idades distintas que, por atuarem como artistas de rua, sofrem o preconceito desse universo predominantemente masculino. Assim como as músicas que elas tocam, este filme é um retrato instantâneo da vida, da morte e de tudo que existe entre uma e outra. Da diretora Doris Dörrie (Hanami – Cerejeiras em flor), o filme foi exibido no SXSW 2014.
Midnight Música – (LEP, LI) – 14 anos
SAB (27/9) 20:00 Oi Futuro Ipanema
DOM (28/9) 16:00 Cine Joia
QUI (2/10) 14:10 Estação Botafogo 3
QUI (2/10) 21:45 Estação Botafogo 3
SAB (4/10) 14:00 CCBB – Cinema 1

**

AMERICAN INTERIOR – A VIAGEM DE GRUFF RHYS PELA AMÉRICA
(American Interior)
de Gruff Rhys, Dylan Goch. Com Gruff Rhys, Keith Bear, Cory Spotted Bear, Edwin Benson, Prof Gwyn Alf Williams, Kliph Scurlock, Carolyn Gilman, John Evans. País de Gales, 2014. 91min,DCP.
O instigante músico galês Gruff Rhys, fundador da banda Super Furry Animals, documenta sua turnê solo numa série de palestras pelo interior dos Estados Unidos, em 2012. Ele segue os passos de outro excêntrico desbravador, John Evans, seu conterrâneo, que também deixou o País de Gales em 1792 para descobrir se havia nativos ameríndios de língua galesa. Um filme com fino senso de humor, música e antropologia. Definido pela revista FT Weekend como “Mark Twain em versão multimídia”. Seleção oficial do SXSW 2014.

Midnight Música – (LEP, VO) – 12 anos
SEX (26/9) 23:59 Estação Rio 3
SEX (3/10) 14:00 CCBB – Cinema 1
SAB (4/10) 16:00 Cine Joia
TER (7/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema

**

A PRIMEIRA BAIXA
(First to Fall)
de Rachel Beth Anderson. Com . Reino Unido / Estados Unidos, 2013. 80min,digital.
Motivados pelo ódio pelo ditador Muammar Gaddafi e pela vontade de fazer parte da História, Hamid e Tarek abandonam suas vidas tranquilas no Canadá para participar de uma guerra em sua terra natal, a Líbia. Durante o conflito, seus caminhos se tornam distintos. Com uma câmera na mão, Hamid é convidado a filmar as linhas de frente das forças rebeldes e se integra facilmente aos jovens no campo de batalha. Para Tarek, o caminho é mais difícil. Inseguro, ele ignora todos os avisos e insiste em participar da linha de frente da batalha, decisão que tem consequências trágicas. Tribeca 2014.
Fronteiras – (LEP, VO) – 14 anos
SAB (27/9) 17:30 Estação Rio 3
DOM (28/9) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
TER (30/9) 16:00 Cine Joia
SEX (3/10) 23:30 Estação Botafogo 3

**

COLOCANDO A VIDA EM JOGO
(The Supreme Price)
de Joanna Lipper. Com M.K.O Abiola, Kudirat Abiola, Hafsat Abiola, Olalekan Yusau Abiola, Khafila Abiola. Estados Unidos / Nigéria, 2014. 75min,digital.
Após a anulação da vitória de seu pai, M.K.O. Abiola, nas eleições presidenciais e do assassinato de sua mãe por agentes da ditadura militar, a ativista Hafsat Abiola enfrenta o desafio de combater a corrupção governamental em prol de uma democracia capaz de atender ao segmento mais marginalizado da população nigeriana: as mulheres. Um retrato da evolução do movimento pró-democracia na Nigéria e os esforços entre os grupos progressitas do país em aumentar a participação das mulheres em cargos de liderança.
Fronteiras – (LEP, LI) – 14 anos
DOM (28/9) 18:00 Estação Botafogo 3
QUA (1/10) 18:00 Estação Botafogo 3
DOM (5/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
TER (7/10) 14:00 Cine Joia

**

BJÖRK: BIOPHILIA LIVE
(Björk: Biophilia Live)
de Peter Strickland, Nick Fenton. Com Björk. Reino Unido, 2014. 97min,DCP.
Filme-concerto que captura o elemento humano do projeto multimídia e multidisciplinar de Björk: Biophilia. Gravado ao vivo em um concerto da cantora em Londres em 2013, o filme inclui Björk e sua banda interpretando todas as músicas do disco Biophilia, usando uma enorme variedade de instrumentos – digitais, tradicionais e alguns completamente inclassificáveis. Selecionado para o Festival de Tribeca 2014.
Midnight Música – (LEP) – 12 anos
TER (7/10) 21:30 Estação Botafogo 1
QUA (8/10) 15:00 Cinepolis Lagoon 6
QUA (8/10) 20:00 CCBB – Cinema 1

**

POESIA PRECISA – A ARQUITETURA DE LINA BO BARDI
(Precise Poetry – Lina Bo Bardi’s Architecture)
de Belinda Rukschcio. Com . Alemanha / Áustria / Brasil, 2014. 55min,digital.
Quando a arquiteta italiana Lina Bo Bardi veio para o Brasil, em 1957, reconheceu aqui forte potencial nos cenários abertos do país, que apontavam para o futuro. Decepcionada com as forças conservadoras que tomaram conta da Itália, ela encontrou na América do Sul sua nova casa e local de trabalho, entabelecendo-se aqui como a arquiteta mais importante da época. À luz de seu centenário, colegas e amigos relembram questões sociopolíticas e eventos pessoais que levaram à atemporalidade de sua obra. Esta jornada segue ainda seus mais importantes projetos de arquitetura em São Paulo e Salvador.
Itinerários Únicos – (LI, LI) – 12 anos
SEX (26/9) 17:00 Estação Botafogo 3
SEG (29/9) 20:00 Museu da República
TER (30/9) 18:30 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 15:45 Instituto Moreira Salles

**

ADVANCED STYLE – VOVÓS FASHION
(Advanced Style)
de Lina Plioplyte. Com Joyce Carpati, Ari Cohen, Ilona Smithkin, Zelda Kaplan, Tziporah Salamon, Jacquie Murdock, Debra Rapoport, Lynn Dell. Estados Unidos, 2014. 72min,DCP.
Baseado no famoso blog de moda Advance Style do fotógrafo Ari Seth Cohen, o filme observa a intimidade de sete mulheres extremamente estilosas, com idades entre 62 e 95 anos, que vivem em Nova York. Filmado ao longo de três anos e financiado através de uma campanha de financiamento coletivo na internet, o documentário investiga as maneiras com que o estilo pessoal eclético e independente dessas senhoras cheias de cores e cheias de vida desafia as ideias convencionais sobre beleza e envelhecimento em uma sociedade obcecada pelo conceito de juventude.
Midnight Docs – (LEP, VO) – 12 anos
TER (30/9) 20:00 Estação Botafogo 3
QUA (1/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (4/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema
SEG (6/10) 16:00 Museu da República
TER (7/10) 16:30 C.C. Justiça Federal 2

**

112 CASAMENTOS
(112 Weddings)
de Doug Block. Com . Estados Unidos, 2014. 95min,DCP.
Durante 20 anos, o documentarista Doug Block trabalhou realizando vídeos de casamentos. Conhecido por seu estilo intimista de filmagem, ele sempre acabava se apegando aos casais durante o trabalho, mas nunca mais os via novamente. Muitos anos e 112 casamentos depois, Block resolveu procurar alguns dos seus casais favoritos para descobrir o que havia acontecido com eles e com seus casamentos. Misturando imagens das cerimônias em si com entrevistas dos casais na atualidade, o documentário explora temas como amor, compromisso, amizade e fidelidade no casamento.
Midnight Docs – (LEP, VO) – 12 anos
SEX (26/9) 16:30 C.C. Justiça Federal 2
SEG (29/9) 13:45 Estação Botafogo 3
SEG (29/9) 19:30 Estação Botafogo 3
QUI (2/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1

**

DE FRENTE PARA O ELEFANTE
(Approaching the Elephant)
de Amanda Rose Wilder. Com Jiovanni, Lucy, Ethan, Olivia, Jalen, Sarah, Adam, Jake, Nicco, Chaz, Christian. Estados Unidos, 2014. 89min,digital.
No primeiro ano da Teddy McArdle Free School, todas as aulas são opcionais e as regras são determinadas por uma votação na qual os votos de adultos e crianças têm o mesmo peso. O documentário observa de perto a dinâmica dessa comunidade escolar incomum, revelando como os jovens alunos estabelecem seus relacionamentos, flexibilizam suas próprias regras e exploram as possibilidades de um ambiente radicalmente democrático – até os problemas virem à tona. Com um acesso sem precedentes ao ambiente escolar, a diretora nos revela as dores inevitáveis do amadurecimento democrático puro.

Midnight Docs – (LEP, VO) – 14 anos
QUI (25/9) 13:30 CCBB – Cinema 1
SEX (26/9) 14:45 C.C. Justiça Federal 2
SAB (27/9) 17:40 Estação Botafogo 3
TER (30/9) 16:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (3/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 2

**

O SAL DA TERRA
(Salt of the Earth)
de Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado. Com Sebastião Salgado. França / Itália / Brasil, 2014. 109min,DCP.
Em 40 anos de carreira, o fotógrafo Sebastião Salgado percorreu o mundo como testemunha de uma humanidade em plena transformação, registrando eventos trágicos de nossa história recente. Atualmente, dedica-se à descoberta de territórios virgens e suas grandes paisagens, ao encontro de uma fauna e de uma flora selvagens num gigantesco estudo fotográfico que contempla a beleza do planeta. Os bastidores desse novo projeto são revelados pelas lentes cinematográficas de Wim Wenders e de seu filho, Juliano Ribeiro Salgado. Prêmio do júri na mostra Um Certo Olhar no Festival de Cannes 2014.

Noite de Abertura – ) – 14 anos
SAB (27/9) 14:00 Estação Botafogo 1
SAB (27/9) 21:30 Estação Botafogo 1
SEG (29/9) 19:20 Estação Ipanema 1
TER (30/9) 22:15 Cinepolis Lagoon 6

**

MAÏDAN: PROTESTOS NA UCRÂNIA
(Maïdan)
de Sergei Loznitsa. Com . Ucrânia, 2014. 130min,DCP.
Este filme é o retrato do despertar da Ucrânia, redescobrindo sua identidade, partindo de manifestações pacíficas, com meio milhão de pessoas na praça Maïdan, em Kiev, até as sangrentas batalhas de rua entre manifestantes e a polícia de choque. O diretor Sergei Loznitsa (Minha felicidade) analisa a natureza da revolta popular como um fenômeno social, cultural e filosófico. Uma mistura poderosa de luta heroica, terror, coragem, solidariedade, cultura popular, paixão e sacrifício, o longa combina um estilo clássico de cinema com a urgência dos documentários.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP, LI) – 14 anos
SEX (26/9) 21:00 Estação Botafogo 3
DOM (28/9) 16:00 Museu da República
QUA (1/10) 20:10 Oi Futuro Ipanema
SAB (4/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 2

**

ÁGUA PRATEADA, UM AUTORRETRATO DA SÍRIA
(Eau Argentee, Syrie autoportrait)
de Ossama Mohammed, Wiam Simav Bedirxan. Com Noma Omran. França / Síria, 2014. 90min,DCP.
É comum afirmar que a Síria é a terra dos cineastas assassinados, uma vez que qualquer pessoa com uma câmera ou celular torna-se um alvo imediato para atiradores. Exilado em Paris desde 2011, o diretor Ossama Mohammed faz um apanhado de milhares de vídeos online que retratam as atrocidades diárias acontecidas em seu país, registrando os horrores da guerra civil através de imagens chocantes. Mohammed também conta com material fornecido por Simav Bedirxan, uma jovem curda cujas filmagens durante o Cerco de Homs dialogam com o material do diretor. Exibido no Festival de Cannes 2014.
Fronteiras – (LEP, LI) – 18 anos
SEX (3/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
DOM (5/10) 18:00 Estação Botafogo 3
QUA (8/10) 14:00 Cine Joia

**

EXÉRCITO VERMELHO
(Red Army)
de Gabe Polsky. Com Viacheslav Fetisov, Vladislav Tretiak, Scotty Bowman, Vladimir Pozner. Estados Unidos, 2014. 85min,digital.
Concebido na década de 1950 como uma extensão da propaganda do regime comunista, a seleção de hóquei no gelo da União Soviética impressionou o mundo, introduzindo um novo estilo de jogo que privilegiava a organização tática e o desempenho coletivo. Logo após a derrocada do regime, muitos jogadores migraram para os EUA para tentar a sorte na NHL, mas se viram perdidos em meio a uma cultura do estrelato. Por meio de entrevistas e imagens de arquivo, o documentário apresenta a ascensão e queda dos homens por trás de uma equipe extraordinária. Produzido por Werner Herzog. Cannes 2014.
Midnight Docs – (LEP) – 12 anos
QUI (25/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 2
SEX (26/9) 16:15 Oi Futuro Ipanema
SAB (27/9) 14:00 Instituto Moreira Salles
QUA (1/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 2

**

NATIONAL GALLERY
(National Gallery)
de Frederick Wiseman. Com . França / Estados Unidos, 2014. 173min,DCP.
A National Gallery de Londres é um dos mais importantes museus do mundo, lar de mais de 2.400 pinturas que abrangem desde a Idade Média até o fim do século XIX. Em suas obras está representada a história do mundo ocidental. O mestre do documentário Frederick Wiseman nos leva a uma viagem ao coração dessa instituição, retratando o lugar, seus visitantes, funcionários, pesquisadores e restauradores, e explorando a relação entre a pintura dos séculos passados e a narrativa cinematográfica de hoje em dia. Selecionado para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2014.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP, VO) – Livre
QUA (1/10) 13:50 Estação Rio 3
QUA (1/10) 21:00 Estação Rio 3
SAB (4/10) 13:10 Instituto Moreira Salles
TER (7/10) 18:45 Estação Botafogo 3

**

VIVENDO E APRENDENDO
(Being and Becoming)
de Clara Bellar. Com Irvin Kershner, Rana Haugen Core, Naomi, Harvey, Oliver, Lennon, Yonatan Aldort. França / Reino Unido / Estados Unidos / Alemanha, 2014. 99min,digital.
A atriz e diretora Clara Bellar percorre diversos países em busca de histórias de famílias que optaram pela não escolarização de seus filhos e pela confiança de deixá-los livres para aprenderem motivados por suas paixões. Viajando pela França, Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha, país onde não frequentar a escola é ilegal, a cineasta investiga o desejo inato de aprender das crianças. O filme marca a estreia na direção de longas de Clara Bellar, atriz de filmes como Les rendez-vous de Paris, de Eric Rohmer, e AI – Inteligência artificial, de Steven Spielberg.

Expectativa 2014 – (LEP, LI) – 14 anos
SEX (26/9) 14:00 CCBB – Cinema 1
DOM (5/10) 20:40 Estação Rio 3 ***
TER (7/10) 18:30 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1

**

ALTMAN, UM CINEASTA AMERICANO
(Altman)
de Ron Mann. Com Christine Altman, Kathryn Reed Altman, Robert Reed Altman, Stephen Altman, Paul Thomas Anderson, James Caan, Keith Carradine. Canadá, 2014. 95min,DCP.
Autor, rebelde, inovador, jogador. Um louco homem de família. Diretor e artista. A vida e a carreira de Robert Altman continham multidões. Este pai do cinema independente norte-americano deixou uma marca indelével, não apenas na evolução da sua forma de arte, mas também no Zeitgeist ocidental. Este documentário celebra os 50 anos da carreira redentora e épica de um dos cineastas mais importantes e influentes da história, o homem por trás de filmes seminais como MASH, Nashville, Um perigoso adeus, Cenas de um casamento, O jogador, Short Cuts, Assassinato em Gosford Park, dentre outros.
Filme Doc – (LEP) – 14 anos
SAB (27/9) 16:15 Estação Botafogo 1
TER (30/9) 14:00 Roxy 3 [RX021]
SEG (6/10) 16:30 Cinepolis Lagoon 4
SEG (6/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 4

**

ESTÚDIO GHIBLI, REINO DE SONHOS E LOUCURA
(Yume to kyôki no ohkoku)
de Mami Sunada. Com Hideaki Anno, John Lasseter, Hayao Miyazaki, Toshio Suzuki, Isao Takahata. Japão, 2013. 118min,DCP.
Situado em um subúrbio de Tóquio, o Estúdio Ghibli parece um modesto prédio de escritórios. Mas por trás de suas portas trabalham diariamente alguns dos maiores talentos criativos do cinema japonês. São as mentes por trás de filmes como A viagem de Chihiro, Meu amigo Totoro, Princesa Mononoke e Ponyo – Uma amizade que veio do mar. Este documentário nos leva para dentro do estúdio, seguindo de perto o trabalho do produtor Toshio Suzuki e dos mestres Hayao Miyazaki e Isao Takahata. Durante as filmagens, Miyazaki trabalha em seu filme Vidas ao vento e Takahata em O conto da princesa Kaguya.
Filme Doc – (LEP) – 14 anos
SAB (4/10) 20:00 Instituto Moreira Salles
DOM (5/10) 13:10 Estação Rio 2
QUA (8/10) 16:00 Cinepolis Lagoon 3

**

BEAUTIFUL NOISE – A ERA SHOEGAZER
(Beautiful Noise)
de Eric Green. Com Trent Reznor, Billy Corgan, Robert Smith, Wayne Coyne, Kevin Shields, Jim Reid, Robin Guthrie. Estados Unidos, 2014. 87min,DCP.
A música do século XX se apropriou de ruídos não musicais, como os das máquinas, do trânsito, os rumores das grandes cidades etc. Esse impulso aparece claramente no rock, especialmente no shoegaze, movimento de origem inglesa do final dos anos 1980 que revelou bandas como Cocteau Twins, The Jesus and Mary Chain e My Bloody Valentine. O movimento influenciou outras tantas bandas pelo mundo e tem em sua essência, além da introspecção contemplativa, camadas sobre camadas de guitarras que transcendem a harmonia convencional, mesmo no contexto da canção pop tradicional, e se tornam ruído bom.
Midnight Música – (LEP, VO) – 12 anos
QUA (1/10) 17:50 Estação Rio 3
QUI (2/10) 14:00 CCBB – Cinema 1
DOM (5/10) 19:45 C.C. Justiça Federal 2
SEG (6/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema

**

GO-GO BOYS: OS BASTIDORES DA CANNON FILMS
(The Go-Go Boys: The Inside Story of Cannon Films)
de Hilla Medalia. Com Eli Roth, Sylvester Stallone, Chuck Norris, Charles Bronson, Voight Jon. Israel / França, 2014. 86min,DCP.
A epopeia dos primos Menahem Golan e Yoram Globus, que revolucionaram Hollywood produzindo mais de 300 filmes e fazendo da Cannon Films a produtora independente mais poderosa do mundo. O retrato da relação complexa entre duas personalidades opostas cuja combinação foi ao mesmo tempo o motor do seu sucesso e a razão da sua queda. Adorados ou desprezados, o impacto e a herança cultural da Cannon é inegável. Com filmes estrelados por Chuck Norris, Arnold Schwarzenegger e Jean-Claude Van Damme, criaram uma cultura popular que influenciou cineastas como Eli Roth e Quentin Tarantino. Cannes 2014.
Filme Doc – (LEP, LI) – 14 anos
SAB (4/10) 17:40 Estação Botafogo 3
TER (7/10) 13:40 Instituto Moreira Salles
QUA (8/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1

**

VIAGENS NOTURNAS COM JIM JARMUSCH
(Travelling at Night with Jim Jarmusch)
de Léa Rinaldi. Com Jim Jarmusch, Tilda Swinton, Tom Hiddleston, Mia Wasikowska, Anton Yelchin, Yorick Le Saux. França / Marrocos, 2014. 50min,digital.
Um retrato íntimo e insólito do cineasta norte-americano Jim Jarmusch durante a filmagem de seu mais recente longa-metragem, Amantes eternos, que teve em seu elenco os atores Tilda Swinton, Tom Hiddleston, John Hurt e Mia Wasikowska. Jarmusch, diretor de obras como Daunbailó, Estranhos no paraíso e Flores partidas, autorizou a entrada de uma câmera nos bastidores de seu filme, uma reflexão sobre a existência de vampiros modernos. Este documentário revela a criação de um novo e inesperado universo. Segundo longa de Léa Rinaldi sobre o diretor, depois de Behind Jim Jarmusch.
Itinerários Únicos – (LEP, VO) – 14 anos
QUI (25/9) 20:00 Museu da República
SAB (27/9) 14:00 Estação Ipanema 1
TER (30/9) 18:00 Instituto Moreira Salles
SEX (3/10) 17:00 Estação Rio 3

**

SEEWATCHLOOK – O QUE VOCÊ VÊ QUANDO OLHA O QUE ENXERGA?
(Seewatchlook – O que você vê quando olha o que enxerga?)
de Michel Melamed. Com . Brasil, 2014. 74min,DCP.
Documentário sobre os desafios de criar um espetáculo na cidade Nova York – o primeiro para ser assistido do High Line Park – pela perspectiva do artista brasileiro Michel Melamed e sobre as fronteiras entre a realidade e a ficção.
Première Brasil: Novos Rumos longa – , LP) – 14 anos
TER (30/9) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
QUA (1/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
QUI (2/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema
SAB (4/10) 20:10 Ponto Cine

**

THE NEW YORK REVIEW OF BOOKS: UMA REFLEXÃO DE 50 ANOS
(The 50 Year Argument)
de Martin Scorsese, David Tedeschi. Com Robert Silvers, Joan Didion, Noam Chomsky, Derek Walcott, Colm Toibin. Estados Unidos, 2014. 90min,DCP.
A New York Review of Book nasceu em 1963 como uma revista e, como o próprio nome diz, se dedicava a resenhas literárias. Em pouco tempo, a publicação se tornou uma das principais referências para autores do mundo todo, não apenas publicando artigos, contos e ensaios, como se engajando politicamente, como aconteceu com a chegada da Guerra do Vietnã. Em 2013, a publicação comemorou 50 anos e o diretor Martin Scorsese, fã da revista desde o início, uniu-se a David Tedeschi (montador de filmes como Shine a Light) para prestar sua homenagem e celebrar a data. Festival de Toronto 2014.
Itinerários Únicos – (LEP, VO) – 14 anos
QUA (1/10) 20:00 Instituto Moreira Salles
SAB (4/10) 18:30 Cinepolis Lagoon 5
DOM (5/10) 15:20 Estação Rio 2

**

SAMBA & JAZZ
(Samba & Jazz)
de Jefferson Mello. Com . Brasil, 2014. 90min,DCP.
O documentário evidencia a sinergia entre o samba e o jazz e as cidades do Rio de Janeiro e Nova Orleans (considerada o berço do jazz). O filme convida o espectador a viajar num cenário de belas paisagens e boa música, através de um século de história e costumes, expondo a similaridade dos aspectos musicais e comportamentais dos habitantes destas duas cidades.
Première Brasil: Competição longa documentário – , LP) – Livre
SEX (26/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SEX (26/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SEX (26/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
SAB (27/9) 13:00 Pavilhão do Festival
DOM (28/9) 14:15 São Luiz 4 [SL413]
DOM (28/9) 19:15 São Luiz 4 [SL415]

**

À QUEIMA ROUPA
(À queima roupa)
de Theresa Jessouroun. Com . Brasil, 2014. 90min,DCP.
Documentário investigativo que mostra a violência e a corrupção da polícia do Rio de Janeiro nos últimos 20 anos, apresentando os fatos mais emblemáticos deste período do ponto de vista dos familiares, testemunhas, sobreviventes e demais envolvidos diretamente nos casos, como advogados, promotores e juízes. O filme parte da Chacina de Vigário Geral de 1993, culminando com execuções cometidas em nome da lei em 2012 e 2013. Os fatos são apresentados através de entrevistas, imagens de arquivo e cenas ficcionais que reconstroem a memória dos sobreviventes das chacinas.
Première Brasil: Competição longa documentário – , VO) – 14 anos
QUI (25/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
QUI (25/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
QUI (25/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
SEX (26/9) 13:00 Pavilhão do Festival
SAB (27/9) 14:15 São Luiz 4 [SL409]
SAB (27/9) 19:15 São Luiz 4 [SL411]

**

FAVELA GAY
(Favela Gay)
de Rodrigo Felha. Com . Brasil, 2014. 71min,DCP.
O filme mostra como é a vida da comunidade LGBT nas favelas do Rio de Janeiro. Gays existem em todo lugar, seja no morro ou no asfalto, mas aqui o assunto é tratado com a participação de outros signos – o tráfico, as igrejas evangélicas e a vizinhança. O filme também aborda as questões comuns dos homossexuais e transexuais: homofobia, preconceito, aceitação da família, trabalho e o dia a dia com a sociedade. Apesar das adversidades, cada personagem, inserido no cotidiano de sua comunidade, conta como reinventou sua história através da música, da dança, da política e do estudo.
Première Brasil: Competição longa documentário – (LI, LI) – 14 anos
SEX (3/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SEX (3/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SEX (3/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
SAB (4/10) 13:00 Pavilhão do Festival
DOM (5/10) 14:15 São Luiz 4 [SL439]
DOM (5/10) 19:15 São Luiz 4 [SL441]

**

CAMPO DE JOGO
(Campo de Jogo)
de Eryk Rocha. Com . Brasil, 2014. 71min,DCP.
No Rio de Janeiro, perto do mítico estádio Maracanã, palco da grande final da Copa do Mundo de 2014, encontramos o campo de futebol popular do bairro Sampaio. Lá acontece o futebol como expressão genuína da cultura brasileira. Disputados aos domingos, o campeonato anual de futebol de favelas reúne 14 times. Cada um representa as cores e rituais de sua comunidade. Geração x Juventude disputam a final.
Première Brasil: Competição longa documentário – , VO) – Livre
TER (30/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
TER (30/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
TER (30/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
QUA (1/10) 13:00 Pavilhão do Festival
QUI (2/10) 14:15 São Luiz 4 [SL429]
QUI (2/10) 19:15 São Luiz 4 [SL431]

**

CÁSSIA
(Cássia)
de Paulo Henrique Fontenelle. Com . Brasil, 2014. 120min,DCP.
Cássia Eller é uma figura icônica da música brasileira. Sua breve, porém marcante, passagem pelo cenário musical nos anos 1990 deixou uma marca inegável na cultura e na história musical. Sob um aspecto social, sua morte, teve uma repercussão nacional que segue até hoje, por conta da guarda de seu filho, que acabou ficando, surpreendentemente, com sua parceira Eugênia. Cássia foi uma figura que deixou um impacto tanto cultural quanto social, expondo tabus e demonstrando sua força como pessoa pública.
Première Brasil: Hors Concours longa documentário – (LI, LI) – 12 anos
SEG (6/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 1
SEG (6/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 2
SEG (6/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 3
QUA (8/10) 16:45 São Luiz 4 [SL452]
QUA (8/10) 21:45 São Luiz 4 [SL454]

**

SEM TÍTULO # 1: DANCE OF LEITFOSSIL
(Sem Título # 1: Dance of Leitfossil)
de Carlos Adriano. Com Fred Astaire, Ginger Rogers, Bernardo Vorobow. Brasil, 2014. 6min,DCP.
O improvável duo de um fado para o saudoso convidado.
Justaposição poética. Aproximação de realidades distantes.
Musas da memória: MnemoCyne. Espectros e remanescências da imagem sobrevivente.
Da série “para uma AutoCineBiografia (em Regresso)”.
Première Brasil: Competição curta documentário – ) – Livre
SAB (4/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 1
SAB (4/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 2
SAB (4/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 3
SAB (4/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 4
DOM (5/10) 15:00 Pavilhão do Festival
SEG (6/10) 16:45 São Luiz 4
SEG (6/10) 21:45 São Luiz 4

**

RIO 50 GRAUS
(Rio 50 Degrees)
de Julien Temple. Com Hermano Vianna, Fernando Gabeira, Eduardo Paes, Narcisa Tamborindeguy, Wilson das Neves. Reino Unido / Brasil / Alemanha, 2014. 95min,digital.
O premiado documentarista Julien Temple (diretor de filmes como O lixo e a fúria e Joe Strummer: O futuro está para ser escrito) oferece um olhar sobre a história social e cultural do Rio de Janeiro, desde o fim da escravidão até os preparativos para a Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016, revelando um raio X de uma cidade de extremos, em todo o seu encanto e perigo. Através de imagens de arquivo e entrevistas inéditas, o filme conta com as participações de cidadãos ilustres como Ronnie Biggs, Fernando Gabeira, Eduardo Paes, Narcisa Tamborindeguy, Sany Pitbull, entre outros.

Panorama do Cinema Mundial – , LP) – 14 anos
DOM (28/9) 16:30 Estação Botafogo 1
QUA (1/10) 13:30 Estação Ipanema 1
QUA (1/10) 19:30 Estação Ipanema 1
DOM (5/10) 18:00 Cine Joia

**

ESSE VIVER NINGUÉM ME TIRA
(Esse viver ninguém me tira )
de Caco Ciocler . Com . Brasil, 2013. 75min,DCP.
O documentário busca reconstruir imageticamente o período vivido por dona Aracy Moebius de Carvalho Guimarães Rosa em Hamburgo, quando se apaixona por João Guimarães Rosa. Trabalhando como chefe do setor de passaportes do consulado brasileiro, ela decide ajudar judeus a emigrarem para o Brasil, contrariando o regime nazista e as circulares secretas emitidas pelo governo Getúlio Vargas. Única brasileira inscrita na Avenida dos Justos entre as Nações, em Jerusalém, Dona Aracy morreu com 103 anos.
Première Brasil: Competição longa documentário – , LP) – Livre
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
SEX (3/10) 13:00 Pavilhão do Festival
SAB (4/10) 14:15 São Luiz 4 [SL435]
SAB (4/10) 19:15 São Luiz 4 [SL437]

**

TUDO VAI FICAR DA COR QUE VOCÊ QUISER
(Tudo vai ficar da cor que você quiser)
de Letícia Simões. Com . Brasil, 2014. 71min,DCP.
Uma apresentação do escritor, músico e artista plástico Rodrigo de Souza Leão. O filme se utiliza de material de arquivo inédito, videoclipes com as músicas de Rodrigo e videoartes a partir dos poemas escritos pelo autor e nunca publicados. Aos 23 anos, Rodrigo foi diagnosticado com esquizofrenia e criou todo seu trabalho dentro de casa. O filme conta  ainda com a participação de entrevistados que efetivamente conheceram o artista, como o poeta Leonardo Gandolfi, a escritora Suzana Vargas e a artista plástica Julia Debasse.
Première Brasil: Novos Rumos longa – ) – 16 anos
QUI (25/9) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
SEX (26/9) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (27/9) 18:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 16:00 Ponto Cine

**

MY NAME IS NOW, ELZA SOARES
(My Name is Now, Elza Soares)
de Elizabete Martins Campos. Com Elza Soares, povo brasileiro. Brasil, 2014. 71min,DCP.
Elza chega em casa, em Copacabana. Cara a cara, diante do espelho, nos desafia, numa saga que ultrapassa o tempo, explosões, pedreiras, lama, preconceitos, perseguições, perdas. Mas ela é dura na queda, num rito, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, como uma fênix transcende em música e canta gloriosa. Um filme com a cantora, compositora e atriz Elza Soares.
Première Brasil: Competição longa documentário – (LI, LI) – 14 anos
SAB (27/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SAB (27/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SAB (27/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
DOM (28/9) 13:00 Pavilhão do Festival
SEG (29/9) 14:15 São Luiz 4 [SL417]
SEG (29/9) 19:15 São Luiz 4 [SL419]

**

CAMINHANDO SOB A ÁGUA
(Walking Under Water)
de Eliza Kubarska. Com Alexan, Sari. Polônia / Reino Unido / Alemanha, 2014. 77min,digital.
Alexan é o último mergulhador de profundidade na ilha Mabul, a oeste da grande ilha do Bornéu, na Malásia. Ele ensina ao seu sobrinho Sari, de 10 anos, tudo o que sabe, das perigosas técnicas de pesca à sabedoria sobre o mundo subaquático. Enquanto Alexan se recusa a aceitar que o mundo de seus ancestrais pertence a um outro tempo, Sari se divide entre o desejo de se tornar um pescador como o tio e o novo mundo que se revela com a presença de um resort nas proximidades. As pressões urgentes e os novos problemas locais em um híbrido de fantasia, ficção e realidade.
Meio Ambiente – (LEP, LI) – Livre
SEX (26/9) 16:00 Instituto Moreira Salles
DOM (28/9) 14:50 Estação Rio 3
SEG (29/9) 18:00 Museu da República
QUA (1/10) 16:30 C.C. Justiça Federal 2
DOM (5/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema

**

BIG MEN – HOMENS DO PETRÓLEO
(Big Men)
de Rachel Boynton. Com James C. Musselman, Brian Maxted, Jeffrey Harris, Emi Tiemo, Ezekiel Akpesibewie. Reino Unido / Dinamarca / Estados Unidos, 2013. 99min,DCP.
Após a recente descoberta de enormes depósitos de petróleo ao largo da costa de Gana, região desconhecida pelas principais petrolíferas do mundo, a pequena empresa texana Kosmos Energy parece ter tirado a sorte grande. Mas tudo muda quando os novas autoridades locais começam a pensar sobre como obter uma parte dos lucros. Traçando um paralelo com o histórico da exploração do ouro negro na Nigéria, o documentário revela como o comércio de petróleo opera em países politicamente instáveis ​​e corruptos, e como as petrolíferas se aproveitam desta instabilidade. Locarno e Tribeca 2013.

Meio Ambiente – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 17:15 Estação Botafogo 3
SEX (26/9) 18:00 Oi Futuro Ipanema
TER (30/9) 16:00 Instituto Moreira Salles
SAB (4/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
QUA (8/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 2

**

PETRÓLEO E ÁGUA
(Oil & Water)
de Laurel Spellman Smith, Francine Strickwerda. Com Hugo Lucitante, David Poritz. Estados Unidos da América / Equador, 2014. 78min,digital.
Hugo e David, nascidos em extremidades opostas do comércio de petróleo, cresceram cada qual buscando soluções para a poluição da Amazônia equatoriana causada pela indústria petroquímica, que põe em risco a sobrevivência da tribo Cofan, da qual Hugo faz parte. Ele é enviado ainda criança a Seattle pelos pais a fim de ser educado “como branco”, para futuramente ser líder da tribo. David se apaixona pela região ainda criança, se forma em direito e cria uma companhia para promover o comércio justo de petróleo. Juntos procuram descobrir soluções viáveis para proteger o ambiente e as pessoas.
Meio Ambiente – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (25/9) 21:45 Estação Rio 3
SEX (26/9) 18:30 C.C. Justiça Federal 2
DOM (28/9) 16:15 Oi Futuro Ipanema
DOM (5/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
QUA (8/10) 13:20 Estação Botafogo 3

**

ÍDOLO
(Ídolo)
de Ricardo Calvet. Com . Brasil, 2014. 103min,DCP.
Não há ninguém no mundo mais fã de Nilton Santos do que Thiago Alvim. Em uma manhã de domingo, os dois se encontram na clínica onde Nilton está internado com problemas de saúde desde 2007, e partem juntos em uma viagem que acabou tornando-se o último encontro entre Nilton e sua esposa. O documentário não só traça a trajetória do craque bicampeão mundial no futebol, como também retrata seu lado humano ao longo de sua vida, seu trabalho com crianças carentes e sua luta contra a doença, desvendando a construção de um ídolo.
Première Brasil: Retratos longa – , LP) – Livre
SEG (29/9) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (30/9) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
QUA (1/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (3/10) 16:00 Ponto Cine
SAB (4/10) 18:00 Ponto Cine

**

CINE PAISSANDU: HISTÓRIAS DE UMA GERAÇÃO
(Cine Paissandu: Histórias de uma Geração)
de Christian Jafas. Com . Brasil, 2013. 15min,DCP.
Documentário sobre o cinema que formou a Geração Paissandu, nos anos 1960, e o impacto cultural e social desse período para a história do país. Hoje, 50 anos após o golpe militar, o movimento é um exemplo para os que lutam contra o autoritarismo, as diferenças sociais e as políticas públicas que usam a força policial como um meio de repressão.
Première Brasil: Competição curta documentário – (LI, LI) – Livre
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
QUI (2/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
SEX (3/10) 13:00 Pavilhão do Festival
SAB (4/10) 14:15 São Luiz 4
SAB (4/10) 19:15 São Luiz 4

**

ESVAZIANDO OS CÉUS
(Emptying the Skies)
de Douglas Kass, Roger Kass. Com Jonathan Franzen. Estados Unidos, 2013. 78min,digital.
Baseado em um ensaio do aclamado escritor Jonathan Franzen (autor de Liberdade), publicado na revista The New Yorker, este documentário revela como milhares de aves canoras que embarcam em uma longa viagem de migração são covardemente abatidas ou capturadas todo ano no Mediterrâneo e rendem grandes somas de dinheiro no mercado negro. O filme segue um intrépido esquadrão de defensores desses animais que atravessam a Europa e arriscam suas vidas ao travarem uma guerra secreta contra os caçadores, destruindo cativeiros e libertando o maior número de pássaros possível. Exibido no IDFA 2014.
Meio Ambiente – (LEP, LI) – 12 anos
QUI (25/9) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
SEX (26/9) 15:50 Estação Rio 3
DOM (28/9) 14:00 Instituto Moreira Salles
TER (7/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
QUA (8/10) 20:10 Estação Botafogo 3

**

E O AMOR FOI SE TORNANDO CADA DIA MAIS DISTANTE
(E o amor foi se tornando cada dia mais distante)
de Alexander de Moraes. Com . Brasil, 2014. 9min,DCP.
A história de Mônica, que se tornou cega aos 21 anos, e como ela percebeu que estava perdendo a visão.
Première Brasil: Competição curta documentário – (LI, LI) – Livre
QUI (2/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 1
QUI (2/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 2
QUI (2/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 3
QUI (2/10) 21:45 Cinepolis Lagoon 4
SEX (3/10) 15:00 Pavilhão do Festival
SAB (4/10) 17:00 São Luiz 4
SAB (4/10) 21:30 São Luiz 4

**

BRINCANTE
(Brincante)
de Walter Carvalho. Com Antonio Nóbrega, Rosane Almeida. Brasil, 2014. 92min,DCP.
Um olhar lírico sobre o universo de Antonio Nóbrega. O trabalho de uma vida que se caracteriza pela consistente leitura da cultura popular. Um espetáculo em que todos os elementos da nossa cultura se misturam. A viagem musical e visual é guiada pelos personagens João Sidurino e Rosalina, das peças Brincante e Segundas histórias.
Première Brasil: Hors Concours longa documentário – ) – Livre
SAB (4/10) 19:15 Cinepolis Lagoon 1
SAB (4/10) 19:15 Cinepolis Lagoon 2
SAB (4/10) 19:15 Cinepolis Lagoon 3
TER (7/10) 14:15 São Luiz 4 [SL447]
TER (7/10) 19:15 São Luiz 4 [SL449]

**

MICROTOPIA
(Microtopia)
de Jesper Wachtmeister. Com . Suécia, 2013. 52min,digital.
Como seria carregar sua casa em seu bolso ou morar dentro de suas roupas? Para a maioria de nós, “casa” significa estabilidade. Mas em uma época de enorme crescimento populacional, o sonho da habitação portátil pode se tornar realidade. Este filme mostra como arquitetos e artistas encontram respostas para seus sonhos de portabilidade. Nômades modernos, moradores de rua, pessoas estressadas ou com necessidade de privacidade contam os motivos por trás de suas habitações e mostram como funcionam. Um filme que lida com ideias contemporâneas, abordadas e solucionadas de maneiras surpreendentes.
Itinerários Únicos – (LEP, LI) – 14 anos
SEX (26/9) 17:00 Estação Botafogo 3
SEG (29/9) 20:00 Museu da República
TER (30/9) 18:30 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 15:45 Instituto Moreira Salles

**

A DEUSA BRANCA
(A deusa branca)
de Alfeu França. Com . Brasil, 2013. 30min,DCP.
Em 1958, o polêmico Flávio de Carvalho integra uma expedição à Região Amazônica. Seu objetivo era realizar um filme unindo pesquisa etnográfica e drama ficcional sobre uma menina branca que teria sido raptada por índios. Valendo-se do precioso material filmado durante a expedição, A deusa branca resgata esse obscuro episódio da vida desse genial artista.
Première Brasil: Novos Rumos curta – , VO) – 12 anos
QUI (25/9) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
SEX (26/9) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (27/9) 18:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 16:00 Ponto Cine

**

(O VENTO LÁ FORA)
((O Vento lá fora))
de Marcio Debellian. Com Maria Bethânia, Cleonice Berardinelli. Brasil, 2014. 62min,DCP.
Um retrato do poeta Fernando Pessoa a partir da leitura de poemas criada pela professora Cleonice Berardinelli e pela cantora Maria Bethânia. A leitura, apresentada ao público uma única vez, na FLIP 2013, foi filmada em estúdio com a presença de uma plateia de convidados. O roteiro do filme se constrói a partir do registro dos ensaios para a leitura, das conversas sobre a obra do poeta e de pesquisa de manuscritos e imagens raras.
Première Brasil: Retratos longa – (VO) – Livre
SEG (6/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (7/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
TER (7/10) 18:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 16:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema

**

PARA SEMPRE TEU CAIO F.
(Para sempre teu Caio F.)
de Cande Salles. Com . Brasil / Brasil, 2014. 90min,DCP.
Inspirado no livro de Paula Dip, esta é uma biografia polêmica: morto aos 47 anos, Caio Fernando Abreu foi vítima de HIV e marcado por laços afetivos tão intensos quanto obras emblemáticas como Morangos mofados. Com mistura de linguagens inerentes à obra de Caio F. – cinema, teatro, música e literatura –, a linha narrativa é conduzida através de depoimentos de amigos, editores e estudiosos que mantiveram relação com o autor.
Première Brasil: Retratos longa – , LP) – Livre
DOM (5/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (7/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
TER (7/10) 16:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 20:00 Ponto Cine

**

GUARDIÕES DO SAMBA
(Guardiões do samba)
de Eric e Marc Belhassen. Com Monarco, Walter Alfaiate, Nelson Sargento, Ney Lopes, Xango

. Brasil / Japão, 2014. 81min,digital.
O documentário deixa espaço às vozes dos maiores gênios do samba, no seu cotidiano ou reunidos em rodas de samba para o próprio prazer dos artistas. Tanto através da suas histórias de vida quanto pelas vidas que levam hoje, se desvendam as imagens do passado, do presente e do futuro do samba. Filmado em 2005, o documentário permaneceu “engavetado” durante mais de oito anos. Com o desaparecimento de alguns dos personagens principais, o filme renasceu em 2013 para ser finalizado, com a missão de honrar a memória de quem merece.
Première Brasil: Retratos longa – , VO) – Livre
SAB (27/9) 18:00 Cinepolis Lagoon 6
DOM (28/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 1
SEG (29/9) 16:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 18:00 Ponto Cine
SAB (4/10) 16:00 Ponto Cine

**

MATER DOLOROSA
(Mater Dolorosa)
de Tamur Aimara, Daniel Caetano. Com Maria de Fátima da Silva, moradores das comunidades Cantagalo-Pavão-Pavãozinho. Brasil, 2014. 12min,DCP.
Em abril de 2014, o dançarino Douglas Pereira foi morto durante uma operação policial. O documentário acompanha o seu funeral e os protestos feitos por moradores da sua comunidade após o enterro e no dia seguinte.
Première Brasil: Competição curta documentário – , VO) – Livre
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
TER (30/9) 13:00 Pavilhão do Festival
QUA (1/10) 14:15 São Luiz 4
QUA (1/10) 19:15 São Luiz 4

**

DE GRAVATA E UNHA VERMELHA
(De gravata e unha vermelha)
de Miriam Chnaiderman. Com . Brasil, 2014. 86min,DCP.
O documentário cria uma vertigem a partir dos jeitos que cada um encontra de se respeitar na construção do próprio corpo. Pulveriza o binarismo de gênero. No mundo contemporâneo, a própria sexualidade é escolhida, é possível brincar com a roupa e a aparência vai adquirindo contorno inusitados. Dudu Bertholini, que se define como genderfucker, com seus caftans, nos guia por infinitas possibilidades de existência. Assim, são entrevistados: Rogéria, Ney Matogrosso, Laerte, Bayard, Letícia Lanz, Johnny Luxo, Walério Araújo, Mel (Banda Uó) e muitos outros.
Première Brasil: Retratos longa – , VO) – 12 anos
QUA (1/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
QUI (2/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
SEX (3/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
DOM (5/10) 20:00 Ponto Cine
SEG (6/10) 18:00 Ponto Cine

**

MEIA HORA E AS MANCHETES QUE VIRAM MANCHETE
(Meia Hora e as manchetes que viram manchete)
de Angelo Defanti. Com Henrique Freitas, Humberto Tziolas, Valesca Popozuda, Gigi de Carvalho, Eucimar de Oliveira, DDDavid Brazil. Brasil, 2014. 80min,DCP.
No Meia Hora, tabloide carioca de manchetes bem-humoradas e abordagens inusitadas, tiro vira “pipoco”; facção criminosa é “bonde sinistrão”; bandido escondido “tá malocado”, vivo “toca o terror”, e morto “levou ferro”; a polícia, quando invade, “dá sacode”, quando atira, “senta o dedo”, quando prende, “mete em cana”; cadeia fica melhor como “tranca”, “jaula” ou “xilindró”; ladrão de galinha é “vagabundo”; estuprador é “monstro”; o exterior é tratado de “no estrangeiro”; e mulher bonita ganha adjetivos hortifrutigranjeiros como morango, melancia, maçã, cereja e jaca.
Première Brasil: Competição longa documentário – ) – 12 anos
SAB (4/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SAB (4/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SAB (4/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
DOM (5/10) 13:00 Pavilhão do Festival
SEG (6/10) 14:15 São Luiz 4 [SL443]
SEG (6/10) 19:15 São Luiz 4 [SL445]

**

O ESTOPIM
(O estopim)
de Rodrigo Mac Niven. Com Brunno Rodrigues. Brasil, 2014. 84min,DCP.
A coragem da família e de amigos de Amarildo, assassinado por policiais militares dentro da sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha em julho de 2013, se transformou em símbolo de resistência e luta da sociedade civil contra a violência do Estado. O caso foi o estopim não apenas para a mobilização de outras comunidades, mas principalmente para expor as fragilidades de um projeto de segurança pública militarizado.

Première Brasil: Competição longa documentário – , VO) – 16 anos
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
SEG (29/9) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
TER (30/9) 13:00 Pavilhão do Festival
QUA (1/10) 14:15 São Luiz 4 [SL425]
QUA (1/10) 19:15 São Luiz 4 [SL427]

**

ANDREA TONACCI
(Andrea Tonacci)
de Rodrigo Grota. Com Andrea Tonacci, Ismail Xavier, Paulo Gracindo, Paulo César Pereio. Brasil, 2013. 25min,digital.
O homem é um ser que caminha. Perfil do cineasta Andrea Tonacci.
Première Brasil: Retratos curta – (LI, LI) – Livre
SEG (6/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (7/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
TER (7/10) 18:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 16:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema

**

PORQUE TEMOS ESPERANÇA
(Porque temos esperança)
de Susanna Lira. Com . Brasil, 2014. 71min,DCP.
A jornada de uma mulher pernambucana e a sua rejeição para tudo aquilo que parece não ter jeito. Vivendo profundos dilemas na vida pessoal e na tentativa de reconstruir outras vidas, ela inicia uma trajetória pelos presídios de Recife, na intenção que os pais reconheçam seus filhos. Experimentando na própria pele a solidão, Marli nos mostra que o afeto pode ser redentor e que a falta de esperança é o mal mais intolerável para o ser humano.
Première Brasil: Competição longa documentário – , LP) – Livre
QUA (1/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 1
QUA (1/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 2
QUA (1/10) 17:00 Cinepolis Lagoon 3
QUI (2/10) 13:00 Pavilhão do Festival
SEX (3/10) 14:15 São Luiz 4 [SL433]
SEX (3/10) 19:15 São Luiz 4 [SL434]

**

ARACA – O SAMBA EM PESSOA
(Araca – O samba em pessoa)
de Aleques Eiterer. Com Hermínio Bello de Carvalho, Sérgio Cabral, Carlos Didier, Rodrigo Faour, Jorge Mautner
. Brasil, 2014. 20min,DCP.
Aracy de Almeida, uma das maiores cantoras do Brasil e jurada implacável dos programas de auditório. Entre essas duas marcas há muito mais.
Première Brasil: Retratos curta – ) – Livre
SAB (27/9) 18:00 Cinepolis Lagoon 6
DOM (28/9) 14:30 C.C. Justiça Federal 1
SEG (29/9) 16:00 Oi Futuro Ipanema
QUI (2/10) 18:00 Ponto Cine
SAB (4/10) 16:00 Ponto Cine

**

A REVOLUÇÃO DO ANO
(A revolução do ano)
de Diogo Faggiano. Com Saleh Fekry, Ahmed ElGhamrawi. Brasil, 2014. 79min,DCP.
Algo se perdeu entre Cairo e Aleppo. Como seguir adiante se você não sabe como chegou até aqui? Um outro olhar sobre a Primavera Árabe e sobre os jovens por trás dela.
Première Brasil: Novos Rumos longa – , LP) – 14 anos
QUI (2/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
SEX (3/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (4/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
SEG (6/10) 16:00 Ponto Cine

**

LA LLAMADA
(La llamada)
de Gustavo Vinagre. Com Lázaro Escarze, Alexei Hernández, Gustavo Vinagre. Brasil, 2014. 19min,digital.
Lázaro Escarze, um cubano revolucionário de 87 anos, vive num pequeno povoado e terá seu telefone instalado pela primeira vez na sua vida. Para quem ele vai ligar?

Première Brasil: Novos Rumos curta – , LP) – Livre
SEX (3/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
SAB (4/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
DOM (5/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema
SEG (6/10) 20:00 Ponto Cine

**

A VOZ DE SOKUROV
(Sokurovin ääni)
de Leena Kilpeläinen. Com . Finlândia, 2014. 77min,DCP.
Alexander Sokurov é um dos cineastas russos mais completos da atualidade, tendo criado uma estética única e uma filosofia singular de como olhar o mundo, comparável somente ao mestre Andrei Tarkovsky. É o diretor por trás de obras impactantes como Moloch, Arca russa e Fausto. Com base em seis longas entrevistas filmadas em seis locais diferentes em São Petersburgo, o filme cobre toda sua vida, seu excepcional método de trabalho e seu pensamento filosófico. O documentário também aborda o significado social do cinema, bem como as razões mais profundas da arte e dos artistas. Locarno 2014.

Filme Doc – (LEP, LI) – 12 anos
QUA (1/10) 18:30 Instituto Moreira Salles
QUI (2/10) 17:45 Estação Rio 3
SEX (3/10) 20:00 Oi Futuro Ipanema
DOM (5/10) 15:15 Estação Botafogo 3

**

CANÇÕES DO NORTE
(Songs from the North)
de Yoo Soon-mi. Com . Estados Unidos / Coréia do Sul / Portugal, 2014. 72min,DCP.
Um filme-ensaio que traz um olhar novo e particular sobre o enigma que é a Coreia do Norte, país visto através da lente distorcida do jingoísmo e da sátira. Intercalando cenas filmadas pela diretora em três visitas ao país, juntamente com canções, espetáculos, cinema popular e imagens de arquivo, o filme desafia o significado de liberdade, amor e patriotismo, e tenta compreender o imaginário popular do povo norte-coreano e a ideologia política do amor absoluto que continua a conduzir o país a um futuro incerto. Vencedor do prêmio de melhor filme de estreia no Festival de Locarno 2014.
Expectativa 2014 – (LEP, LI) – 12 anos
DOM (28/9) 14:45 C.C. Justiça Federal 2
SAB (4/10) 16:40 Estação Rio 3
QUA (8/10) 14:30 Cinepolis Lagoon 3

**

REVOLUÇÃO AO CONTRÁRIO
(Revolution in Reverse – Debito & Lavoro: il Nuovo Colonialismo)
de Chiara Cavalazzi. Com . Itália, 2014. 75min,digital.
O antropólogo David Graeber nos guia por esta profunda análise das crises e revoltas atuais do mundo. Tendo como ponto de partida o incansável Occupy Wall Street, em Nova York, o documentário se utiliza da reflexão de Graeber e outros especialistas para traçar a situação geral dos EUA de hoje e de controversos aspectos da sociedade, como trabalho, dívidas e privacidade. Por protestos no Egito, na Itália, na Guiné, na Espanha e nos EUA, somos levados a refletir sobre a história da dívida, dos motins e, sobretudo, do sistema de controle financeiro. Primeiro episódio da trilogia homônima.
Fronteiras – (LEP, LI) – 14 anos
QUI (2/10) 19:30 C.C. Justiça Federal 1
SEX (3/10) 15:30 Estação Rio 3
SAB (4/10) 14:00 Cine Joia
SEG (6/10) 15:45 Oi Futuro Ipanema

**

PUMP – HISTÓRIAS DO PETRÓLEO
(Pump)
de Joshua Tickell, Rebecca Harrell Tickell. Com Jason Bateman, Elon Musk, Luiz Inácio Lula da Silva, Ashley Elisabeth Cox, John Hofmeister. Estados Unidos, 2014. 89min,DCP.
Uma investigação sobre a dependência americana pelo petróleo, desde as suas origens no início do século XX até o grande monopólio atual e seus danos em escala global, da poluição às guerras no Oriente Médio. Além de depoimentos de especialistas e grandes nomes do mercado petrolífero, como John Hofmeister, ex-presidente da Shell Oil, e Peter Goldmark, ex-presidente da Fundação Rockefeller, o filme apresenta alternativas para combustíveis menos poluentes e sustentáveis economicamente.
Meio Ambiente – (LEP, VO) – Livre
SAB (27/9) 14:00 Cine Joia
QUI (2/10) 14:00 Estação Rio 3
QUI (2/10) 19:45 Estação Rio 3
SAB (4/10) 16:00 CCBB – Cinema 1
SEG (6/10) 20:00 Museu da República

**

O SAMBA
(O samba)
de George Gachot. Com Martinho da Vila, Nana Mouskouri, Ney Matogrosso. Suíça, 2014. 82min,DCP.
Buscando identificar as raízes do ritmo que se confunde com a própria identidade brasileira, o diretor suíço Georges Gachot investiga a importância do samba na vida de tantas pessoas. Para isso, ele conta como guia o cantor Martinho da Vila, que conta histórias sobre sua carreira e apresenta ao diretor sua escola de samba do coração, a Unidos de Vila Isabel, campeã do carnaval em 2013. Participam do documentário a cantora Mart’nália, Ney Matogrosso, Leci Brandão, Zeca Baleiro, Beth Carvalho, entre outros artistas ligados a este gênero musical.

Panorama do Cinema Mundial – , LP) – 12 anos
TER (30/9) 19:15 Cinepolis Lagoon 1
TER (30/9) 19:15 Cinepolis Lagoon 2
SAB (4/10) 14:00 Estação Ipanema 1
SAB (4/10) 19:50 Estação Ipanema 1
TER (7/10) 15:30 Estação Rio 2

**

REMAKE, REMIX, RIPOFF
(Remake, Remix, RipOff)
de Cem Kaya. Com Cüneyt Arkın, Çetin Inanç,  Izzet Günay,  Eşref Kolçak,  Irfan Atasoy,  Kayhan Yıldızoğlu. Alemanha / Turquia, 2014. 110min,DCP.
Entre as décadas de 1960 e 1970, a Turquia ostentava o título de um dos maiores polos produtores de cinema do mundo, apesar de sua indústria de cinema sofrer de um déficit criativo crônico: a falta de roteiristas. A fim de manter o fluxo de filmagens, produtores turcos copiavam roteiros e argumentos de produções internacionais. Assim, para qualquer título de sucesso, como Tarzan, Drácula ou Star Trek, passou a existir uma versão turca. Este documentário nos apresenta a época de ouro do cinema popular turco, quando os diretores deviam ser rápidos e os atores resistentes. Locarno 2014.
Filme Doc – (LEP, LI) – 12 anos
SEX (26/9) 18:30 Cine Joia
TER (30/9) 21:15 Estação Rio 3
QUI (2/10) 16:00 CCBB – Cinema 1
QUA (8/10) 14:00 Oi Futuro Ipanema

**

ÍNDIA: MATRI BHUMI
(India: Matri Bhumi )
de Roberto Rossellini. Com . Itália, 1959. 94min,DCP.
Este é o primeiro de uma dezena de documentários rodados por Rossellini. Jean-Luc Godard diz que o filme é o ápice do gênero, comparando-a com Que viva México, de Sergei Eisenstein, Tabu, de F.W. Murnau, e ao famoso É tudo verdade, de Orson Welles. O filme é uma grande obra sobre a integração entre o homem e a natureza, que, a partir de uma realidade documental, propõe vários modelos de ficção. Uma obra-prima inédita nas Américas.
6x Rossellini: Uma Homenagem à Cineteca di Bologna – (LEP, LI) – 12 anos
SEX (26/9) 17:00 Estação Rio 2
TER (30/9) 20:00 Instituto Moreira Salles

**

E AGORA? LEMBRA-ME
(E agora? Lembra-me)
de Joaquim Pinto. Com Joaquim Pinto, Nuno Leonel. Portugal, 2013. 164min,DCP.
Convivendo com o HIV e a hepatite C há quase 20 anos, o diretor Joaquim Pinto documenta sua experiência por clínicas clandestinas onde, durante um ano, fez uso de drogas ainda não aprovadas para o tratamento do vírus. O filme propõe uma reflexão aberta sobre o tempo e a memória, as epidemias e a globalização, e a sobrevivência para além das expectativas. Em uma narrativa de idas e voltas entre o presente e o passado, o documentário é também um tributo aos amigos que partiram e aos que permanecem em sua luta contra a doença. Prêmio especial do júri e FIPRECI no Festival de Locarno 2013.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP, LI) – 16 anos
DOM (28/9) 21:10 Estação Rio 3
QUA (1/10) 19:30 CCBB – Cinema 1
SEX (3/10) 14:00 Cinepolis Lagoon 5
DOM (5/10) 16:30 C.C. Justiça Federal 2

**

QUANDO BJÖRK CONHECEU DAVID ATTENBOROUGH
(When Björk Met Attenborough)
de Louise Hooper. Com David Attenborough, Björk, Andy Cavatorta, Tilda Swinton. Reino Unido, 2013. 47min,digital.
Este documentário britânico trata de um encontro entre a artista islandesa Björk e o radialista e naturalista inglês David Attenborough, parcialmente filmado no Museu de História Natural de Londres. Partindo do álbum Biophilia, trabalho mais recente da cantora, o filme discute a interação entre a música, a natureza e a tecnologia, além dos poderes desconhecidos do som. O documentário conta ainda com um depoimento do escritor e neurologista americano Oliver Sacks, que reflete sofre os efeitos da música no cérebro.
Midnight Música – (LEP) – 12 anos
TER (7/10) 21:30 Estação Botafogo 1
QUA (8/10) 15:00 Cinepolis Lagoon 6
QUA (8/10) 20:00 CCBB – Cinema 1

**

A VIDA PRIVADA DOS HIPOPÓTAMOS
(A vida privada dos hipopótamos  )
de Maíra Bühler, Matias Mariani. Com . Brasil, 2014. 91min,DCP.
Este é um filme sobre Christopher Kirk, um técnico de informática americano que se muda para Colômbia após ter lido um artigo sobre os hipopótamos de Pablo Escobar. Também é um filme sobre a história de V., um relato que Kirk obsessivamente conta e reconta sobre a sua paixão por uma misteriosa mulher nipo-colombiana, história que pode ou não ter a ver com a sua prisão em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Além disso, é também um filme sobre dois diretores.
Première Brasil: Competição longa documentário – , LP) – Livre
DOM (28/9) 16:30 Cinepolis Lagoon 1
DOM (28/9) 16:30 Cinepolis Lagoon 2
DOM (28/9) 16:30 Cinepolis Lagoon 3
SEG (29/9) 13:00 Pavilhão do Festival
TER (30/9) 14:15 São Luiz 4 [SL421]
TER (30/9) 19:15 São Luiz 4 [SL423]

**

O REI
(O rei)
de Larissa Figueiredo. Com Joana de Verona, Miguel Seabra Lopes e moradores da Ilha de Lençóis no Maranhão. . Brasil, 2014. 25min,DCP.
Um rei português que desapareceu no deserto do Marrocos no século XVI resolve se pronunciar. Sob a ameaça de ter de voltar a Portugal em pleno século XXI, Dom Sebastião revela seu paradeiro e os segredos do reino que construiu durante todos estes anos na longínqua Ilha de Lençóis, no Nordeste do Brasil.

Première Brasil: Novos Rumos curta – (LI, LI) – Livre
QUI (2/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
SEX (3/10) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
SAB (4/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
SEG (6/10) 16:00 Ponto Cine

**

PETER DE ROME: VOVÔ DO PORNÔ GAY
(Peter de Rome: Grandfather of Gay Porn)
de Ethan Reid. Com Peter de Rome, Robert Alvarez, Julian Clary, Wakefield Poole, Rupert
Smith. Reino Unido, 2014. 98min,digital.
Uma investigação sobre vida e obra de Peter de Rome, cineasta inglês que realizou dezenas de filmes pornográficos gays em Nova York entre as décadas de 1960 e 1970, época em que a homossexualidade ainda era criminalizada no estado. Por meio de vários depoimentos do próprio diretor, que faleceu em junho de 2014, entrevistas com críticos e especialistas e, principalmente, trechos de vários filmes do cineasta, o documentário traça um perfil vívido desse veterano da Segunda Guerra Mundial que, após imigrar para os EUA, realizou filmes revolucionários que foram restaurados pelo BFI.
Midnight Docs – (LEP) – 18 anos
SAB (27/9) 14:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (3/10) 23:59 Estação Botafogo 1
SEG (6/10) 17:45 Estação Botafogo 3
TER (7/10) 19:15 C.C. Justiça Federal 2

**

CAETANA
(Caetana)
de Felipe Nepomuceno. Com . Brasil / Brasil, 2014. 15min,DCP.
Abril de 2014. Ariano Suassuna conversa com Caetana, como a morte é chamada no sertão nordestino.
Première Brasil: Retratos curta – (LI, LI) – Livre
DOM (5/10) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (7/10) 14:45 C.C. Justiça Federal 1
TER (7/10) 16:00 Ponto Cine
QUA (8/10) 16:00 Oi Futuro Ipanema
QUA (8/10) 20:00 Ponto Cine

**

NORA
(Nora)
de Gabriel Mendes, Fernando Munõz. Com . Brasil, 2014. 7min,digital.
Nora Rónai é nadadora, ouro inúmeras vezes em sua categoria, no Brasil e no exterior. Com apenas 90 anos e com um fôlego invejável tanto dentro como fora da água, fugiu com a família da Itália durante a Segunda Guerra Mundial e foi parar no exuberante Rio de Janeiro. Ela conta um pouco de sua história, digna de um romance no melhor estilo de Hollywood.
Première Brasil: Retratos curta – (LI, LI) – Livre
SEG (29/9) 20:00 Cinepolis Lagoon 6
TER (30/9) 16:45 C.C. Justiça Federal 1
QUA (1/10) 18:00 Oi Futuro Ipanema
SEX (3/10) 16:00 Ponto Cine
SAB (4/10) 18:00 Ponto Cine

**

SUSPIROS DAS CIDADES
(Hams al-mudam)
de Kasim Abid. Com . Iraque / Reino Unido, 2013. 62min,digital.
Ao longo de dez anos – entre 2002 e 2012 –, o cineasta iraquiano Kasim Abid filmou, das janelas das casas onde morou, as ruas de três cidades diferentes: Arbil, no Curdistão, noroste do país; Ramallah, na Palestina; e Bagdá, a capital do Iraque. Suas imagens, acompanhadas de som direto, sem diálogos ou narração, revelam um balé de homens e máquinas e a luta diária do espírito humano, deixando transparecer a fé do cineasta na coragem e na capacidade de resistência de seu povo.
Fronteiras – (SD) – 14 anos
SEX (26/9) 16:00 Museu da República
QUA (1/10) 14:30 C.C. Justiça Federal 2
QUI (2/10) 20:00 Estação Botafogo 3
DOM (5/10) 16:45 Estação Botafogo 3

**

DAVID BOWIE IS
(David Bowie Is)
de Hamish Hamilton. Com . , 2014. 100min,digital.
Em 2013, o Victoria and Albert Museum de Londres criou uma exposição dedicada ao camaleão da música pop mundial, David Bowie, que reunia fotos, figurinos de shows e outros itens raros do arquivo pessoal do cantor. Sucesso imediato, o evento viajou o mundo – e continua a viajar –, tendo passado inclusive pelo Brasil. Partindo da exposição, este documentário é uma jornada alucinante pelo universo mágico de Bowie e conta com convidados especiais, como os curadores do evento, Victoria Broackes e Geoffrey Marsh, o estilista japonês Kansai Yamamoto e o vocalista do Pulp, Jarvis Cocker.
Midnight Música – (LEP) – 12 anos
SAB (27/9) 23:59 Cinepolis Lagoon 6
SAB (4/10) 21:15 Estação Botafogo 1

**

ODISSEIA IRAQUIANA
(Iraqi Odyssey)
de Samir. Com Souhir Ahmed Riadh. Iraque / Suíça / Alemanha / Emirados Árabes Unidos, 2014. 162min,DCP.
Estima-se que de quatro a cinco milhões de iraquianos vivam hoje fora do Iraque. O cineasta Samir nasceu em Bagdá e vive na Suíça desde criança, e membros de sua família estão espalhados pelo mundo. Contando histórias de seus familiares, de partidas e perda de raízes, ele narra como o sonho iraquiano da construção de uma sociedade moderna e justa após a sua independência nos anos 1950 foi brutalmente frustrado: do colonialismo britânico aos golpes e contragolpes, da ditadura de Saddam Hussein à sua deposição pela invasão dos EUA e à imagem icônica de sua estátua sendo derrubada. Toronto 2014.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP) – 14 anos
SEX (3/10) 14:00 Instituto Moreira Salles
SAB (4/10) 19:30 Museu da República
QUA (8/10) 14:20 Estação Rio 3
QUA (8/10) 21:00 Estação Rio 3

**

CATEDRAIS DA CULTURA – PARTE 2 3D
(Cathedrals of Culture)
de Wim Wenders, Michael Glawogger, Michael Madsen. Com . Alemanha / Áustria / Dinamarca, 2014. 82min,DCP.
“Se os edifícios pudessem falar, o que eles diriam sobre nós?” Neste documentário, seis cineastas oferecem suas respostas para a pergunta a partir de seis marcos da arquitetura mundial. Filmado em 3D, a segunda parte explora a forma do Instituto Salk, na costa da Califórnia; da Ópera de Oslo e do Centro Pompidou, em Paris; e reflete sobre como cada uma dessas edificações abriga nossa cultura e memória coletiva. A primeira parte (sobre a Filarmônica de Berlim; a Biblioteca Nacional da Rússia e o presídio de Halden, na Noruega) também será exibida nesta edição do Festival. Berlim 2014.
Panorama do Cinema Mundial – (LEP) – 14 anos
SEX (3/10) 22:15 Cinepolis Lagoon 5
SEG (6/10) 19:00 São Luiz 3 [SL347]

3 comentários sobre “Docs no Festival do Rio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s