Uma estada no inferno

Passar uma semana no calorão do Vale da Morte em companhia do ex-cônjuge e à procura do fantasma do filho suicida não é exatamente um programa agradável, mas uma estada no inferno. Assim é O VALE DO AMOR. Para Isabelle e Gérard (Huppert e Depardieu, vivendo um casal de atores com seus próprios prenomes), a estada fica ainda mais infernal nas poucas interações com turistas americanos. A distância cultural acaba tornando-os mais próximos entre si, a caminho de uma possível reconciliação. Mas o diretor e roteirista Guillaume Nicloux toma esse drama familiar somente como ponto de partida para uma estranhíssima incursão ao reino do sobrenatural.

A crença de Isabelle na espiritualidade se choca com o ceticismo de Gérard. Eles estão ali a pedido do filho em cartas de despedida a cada um. Como a personagem de Juliette Binoche no ainda inédito “A Espera”, a de Huppert também rejeita a certeza de que o filho está morto. Culpas paternas, pesar pelo fracasso da relação conjugal e a inquietação diante da ideia da morte convergem nas longas conversas dos protagonistas para levá-los à somatização e à fronteira da alucinação. Os cenários desérticos e pedregosos do Vale da Morte os deixam à mercê de miragens e sobressaltos.

O que dificulta uma absorção mais eficaz do espectador é que O VALE DO AMOR troca as sutilezas do imaterial por evidências concretas cada vez mais bizarras, assim barateando o produto. A seu favor, conta o encontro dos dois gigantes da interpretação – e aqui o termo gigante cai como uma malha para o rotundo Depardieu. Vê-los contracenar com tantas minúcias e ressonâncias sugeridas quase compensa os excêntricos caminhos que Nicloux trilhou naqueles ermos californianos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s