Açúcar amargo

Exibido ontem fora de competição no Janela Internacional de Cinema do Recife, AÇÚCAR é o novo longa do casal Renata Pinheiro e Sergio Oliveira, autores dos ótimos “Amor, Plástico e Barulho”, “Estradeiros” e “Praça Walt Disney”. Rodado em 2014, o filme lida com um dos temas obsessivos do cinema pernambucano recente, qual seja a herança da experiência escravocrata na sociedade contemporânea. Na primeira sequência, Maria Bethania (Maeve Jinkings) chega à antiga casa grande de sua família, na Zona da Mata pernambucana, para tirá-la de um relativo abandono.
Desde cedo um antagonismo se coloca entre ela e os empregados do engenho de fogo morto. Estes participam de um centro de cultura afro-brasileira instalado na vizinhança e almejam ocupar a casa grande com um ponto de turismo voltado para a reconstituição da vida dos negros durante a época colonial. A eles vem se juntar, ainda, a madrinha de Bethania, Branca (Magali Biff), que personifica já no nome uma postura racista e senhorial.
Há certamente contradições interessantes a verificar, como o oportunismo empresarial do capataz e a tirania da madrinha sobre Bethania e desta sobre a criada negra. Bethania é a personagem em crise, que alimenta uma identificação de posse com a terra – expressa inclusive numa metáfora exacerbada de caráter sexual – e tem sua sanidade comprometida no processo. Como elemento de resistência, digamos, imobiliária, ela se aproxima e logo se opõe à imagem da heroína de “Aquarius”.
O que dificulta a transmissão das muitas intenções de Renata e Sergio é um tratamento confuso na fronteira dos gêneros. O drama social se mescla arbitrariamente com o fantástico já desde a cena de abertura, com um barco impossível singrando os canaviais. Batuques, danças e alucinações ligadas ao misticismo afro e a pulsões sexuais pontuam o filme sem firmar conexões perceptíveis nem evitar a letargia narrativa. O recurso a diálogos por demais explicativos e a estereótipos de postura e comportamento também compromete o resultado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s