Doce e envenenado

RED ROCKET no streaming

Em filmes como Tangerine e Projeto Flórida, Sean Baker já deu provas de uma dicção estética e antropológica estimulante no cenário do cinema independente americano. Seus personagens estão nas margens do sonho americano e da normalidade familiar, levam a vida aos tropeços mas, em lugar de drama, fazem disso dramédias deliciosas. Red Rocket é mais um exemplo.

Mikey “Saber” Davies é um ator pornô em má fase da carreira que volta a sua cidade natal, no ânus do Texas, em busca de acolhida junto à mulher e à sogra, que, como todos por ali, não querem vê-lo por perto. Mas, com uma ajudinha da lábia e do Viagra, ele vai reconquistando um lugar na antiga casa. A mulher foi sua parceira de cama e câmera no passado. Hoje faz programas e mora com a mãe chapada de drogas.

Baker e o corroteirista Chris Bergoch descrevem esse retorno com uma verve irresistível. O ator Simon Rex, ex-astro de vídeos de masturbação solo, é um vulcão de testosterona e loquacidade em cena. Trepado numa bicicletinha Red Rocket passada em anos, Mikey ora explora, ora esconde sua reputação de garanhão premiado. Quando conhece a sensual Raylee (ou melhor, Strawberry) numa loja de donuts, a menina vira sua cabeça e lhe desperta o tesão de agenciá-la como estrela pornô.

As conversas sobre o mundo do cinema pornográfico são hilárias, assim como as tentativas de Mikey no sentido de sustentar financeiramente a casa e o arsenal de mentiras com que vai tapeando a mulher, a sogra e os demais. Como estudo de caráter do personagem, não faltam desdobramentos comprometedores. No pano de fundo, a aridez e a falta de graça da paisagem texana, agravadas pelas propagandas da candidatura de Donald Trump em 2016. Os baseados enrolados com motivos da bandeira estadunidense dialogam ironicamente com a virilidade caricata de Mikey. Make America hard again.

É uma pena que a metragem do filme se estenda além da conta e o interesse se esvaia bastante no grande “barraco” do ato final. Mas até ali Red Rocket nos mantém cativos com o contraste entre a disfuncionalidade da família de Mikey e a relação dele com a ingênua e ao mesmo tempo pervertida Strawberry. A loja de donuts, presente também em Tangerine, já pode ser vista como um distintivo dos filmes de Sean Baker: doces, porém envenenados; envenenados, porém doces.

>>Acesse Red Rocket nessas plataformas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s