Tudo sobre Rouch

Com frequência recebo pedidos de divulgação de assuntos relativos a documentários. Como este aqui não é o DocBlog (que mantive por dois anos no portal de O Globo), nem sempre me obrigo a atender. Mas desta vez o assunto merece todo destaque. A partir dessa terça-feira, o mestre Jean Rouch (1917-2004) recebe a maior atenção que jamais teve no Brasil.

Na verdade, a maratona Jean Rouch já passou por São Paulo e Belo Horizonte, chegando agora ao Rio, no Instituto Moreira Salles. Tudo começa com um colóquio internacional de 7 a 11 de julho, abordando a influência de Rouch no cinema moderno e na antropologia. No luxuoso elenco de palestrantes estão teóricos e críticos franceses – Michel Marie, Philippe Lourdou, Luc De Heusch – e brasileiros – Ismail Xavier, Consuelo Lins, Fernão Ramos e José Carlos Avellar, entre outros.

O colóquio tem vagas limitadas. As inscrições devem ser feitas através do site do IMS (clique aqui).

A partir do dia 18, e até 16 de agosto, o IMS vai abrigar uma Mostra Jean Rouch com 77 filmes dele e 14 sobre ele.

Não tenho ideia de programa melhor para quem se interessa pela relação entre cinéma e verité. Quase tudo o que hoje se experimenta e discute na seara dos documentários e na relação deles com a ficção, passando pela reflexividade e a metalinguagem, nasceu nas experiências de Rouch nos anos 1950 e 60. E nunca-antes-na-história-desse-país se teve um Rouch au grand complet como agora.            

Um comentário sobre “Tudo sobre Rouch

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s