A poesia das quebradeiras

Quebradeiras está em cartaz no Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo) em sessão diária às 17h20. O filme demonstra a passagem de Evaldo Mocarzel da fase de informação bruta para um momento de maior busca estética, que vem se refletindo em muito do seu trabalho atual na fronteira entre cinema e teatro. Passagem também da entrevista para a observação.

O rompimento é quase completo com o compromisso expositivo habitualmente associado ao doc etnográfico. Esse retrato das quebradeiras de coco de babaçu da região fronteiriça de Maranhão e Tocantins é puramente lírico, mítico e musical. As imagens de Gustavo Hadba estão entre as mais belas do documentário brasileiro recente. Enquadramentos primorosos, pontos-de-vista inesperados, uma atenta exploração da poética da luz, da natureza exuberante e das conexões entre o movimento do trabalho, das danças e do simples viver das mulheres.

As conotações vão muito além da interpretação rasa que delas fez o colega Ruy Gardnier em sua crítica de O Globo. O elemento feminino se manifesta na forma de iaras nuas, mães amamentadoras, camponesas cantadeiras, divas vaidosas. As quebradeiras veem as palmeiras de babaçu como mulheres. Evaldo segue a trilha desse panteísmo e extrai uma beleza incomum – e incomum não apenas para seus filmes comumente “sujos” de tanta realidade. Em Quebradeiras, pela primeira vez Evaldo dispensa completamente as entrevistas. Valoriza o silêncio, a observação de um cotidiano delicadamente encenado, a edição que às vezes transforma o trabalho em música. Toda a informação vem pela estética, seja das imagens virtuosísticas, seja dos cantos que modulam o filme inteiro.

Quebradeiras foi produzido originalmente com recursos do edital Etnodoc. A versão de longa metragem recebeu o prêmio de melhor documentário no Festival de Toulouse, na França, e prêmios de direção, fotografia e som no Festival de Brasília de 2009.

Um comentário sobre “A poesia das quebradeiras

  1. Pingback: Meus melhores de 2012 « …rastros de carmattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s