Joan Didion: perdas e ganhos

por Paulo Lima

Joan Didion é uma escritora norte-americana conhecida no Brasil por causa do sucesso do livro “O ano do pensamento mágico”, lançado em 2006 pela editora Nova Fronteira, no qual ela descreve o drama da perda do marido John Gregory Dunne, também escritor, e da doença de sua única filha, Quintana Roo Dunne, que morreria tempos depois de a obra ter sido concluída. Esse novo golpe será tratado por Joan Didion no livro “Noites azuis”, que saiu por aqui em 2012.

Mas a trajetória de Joan Didion, como escritora e como um dos ícones do Novo Jornalismo, começa nos turbulentos anos 60, por ela vividos com intensidade e percepção singular.

É o que nos mostra o documentário JOAN DIDION: THE CENTER WILL NOT HOLD, realizado por Griffin Dunne, sobrinho da escritora. O filme acaba de ser lançado no Netflix.

Estruturado a partir de entrevistas e imagens de arquivo, o longa-metragem tem no testemunho da própria Joan Didion, hoje com 82 anos, seu principal dispositivo. A trajetória da escritora se confunde com os principais acontecimentos que moldaram a cultura americana nos últimos cinquenta anos.

Sua figura aparentemente frágil e delicada se agigantava diante dos desafios. Com sua perspicácia, ia além da aparência dos fatos, revelando ângulos desmistificadores. Foi assim, por exemplo, ao expor em reportagens o lado pouco glamouroso da cultura psicodélica dos anos 60.

Joan Didion e John Gregory Dunne mantiveram um longo relacionamento. Por isso, um espaço generoso é concedido também à história de John no filme. Eles formavam um casal de escritores que dividam não apenas o próprio teto, mas também seus êxitos e dificuldades.

De beleza discreta quando jovem – ela chegou a encantar galãs como Warren Beatty, que tentou roubá-la do marido -, Joan é hoje uma senhora muito magra e de fala titubeante. Para além das marcas do tempo, contudo, vemos a curiosidade e a inteligência cintilante que fizeram dela uma das grandes vozes literárias dos Estados Unidos.

Paulo Lima, escritor e jornalista, editor da revista eletrônica Balaio de Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s