London in August

Londres fervilhava em agosto de 2018. Ruas, mercados, lojas, museus e pontos turísticos estavam abarrotados de gente. Parece que se adivinhava ser aquele o penúltimo verão antes do fechamento com a pandemia. Mesmo assim, eu e Rosane abrimos nosso caminho entre as multidões, ansiosos que estávamos por rever a cidade há tantos anos não visitada.

Várias coisas fizemos pela primeira vez. Navegar pelo Tâmisa, por exemplo, passando sob as pontes e contemplando o skyline tão diferente de quando o vimos pela última vez. Curtir os infindáveis cheiros e sabores do Borough Market. Subir na famosa roda gigante e no topo de novos arranha-céus de onde se tem vistas espetaculares. Caminhar por The City, o centro financeiro, vazio num domingo, experiência meio fantasmagórica.

O British Museum e a National Gallery pareciam formigueiros, levando-nos a dividir nossa atenção entre as obras e a fauna de visitantes, quase tão impressionante quanto o acervo. Na Tate Modern, topamos com a Tropicália do Helio Oiticica. O Soho e Camden Town eram duas festas ao ar livre, tomados por hordas de gente com cara de felicidade. Rever essas imagens hoje provoca nostalgia de uma época em que o mundo estava à nossa disposição.

Na edição do vídeo abaixo, utilizei dois tipos de música bem diversos: canções de Amy Winehouse para embalar as imagens da Londres contemporânea e composições de Michel Nyman (autor de várias trilhas de filmes de Peter Greenaway) para dar a medida de uma Londres mais clássica. Às vezes, porém, esses conceitos se invertem, o que é típico da capital inglesa.

Alguns destaques com a minutagem:

00:00 – Westminster, Piccadilly, Oxford
04:23 – Trafalgar, National Gallery e National Portrait Gallery
07:30 – Borough Market
11:55 – South Kensington
12:25 – Abadia de Westminster, All Hallows by The Tower, St. Paul’s Cathedral, templo Hare Krishna
17:55 – Covent Garden e Teatro Royal Drury Lane
22:37 – Sky Garden
24:27 – London Tower e Tower Bridge
28:05 – South Bank, British Film Institute e London Eye
30:37 – The British Museum, Leicester Square e Royal Albert Hall
34:50 – Tate Modern
41:00 – Um barco no Tâmisa
45:27 – Uma tarde no Soho e Carnaby Street
51:10 – Buckingham
52:04 – A Sunday in “The City” e as vistas do topo do The Shard
56:13 – De ônibus até Hampstead Heath
59:05 – Camden Town

5 comentários sobre “London in August

  1. Delícia conhecer os lugares com vocês e, principalmente, rever alguns deles. Não tive a sorte de encontrar uma Londres de céu azul… Acho incrível como nosso olhar é parecido em muitos pontos, como prestamos atenção em detalhes que fogem ao conceito simplista de turismo! E trilha com Amy? Arrebentou! E, claro, uma delícia sempre apreciar os créditos, ainda mais com participações afetivas!

  2. Gostei muito de ir a Londres com você e a Rosane. Que começou essa maldita pandemia só tenho viajado mesmo gostoso com vocês! Bj agradecido Vavy

    Enviado do meu iPhone

    >

Deixe uma resposta para mcristinavalente Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s