Festival do Rio: Intolerância.Doc

O assunto não é nada agradável, mas poucos são tão oportunos quanto este no Brasil de hoje. INTOLERÂNCIA.DOC sensoria algumas bolhas de ódio na cidade de São Paulo. A investigação de Susanna Lira se faz em dois níveis: acompanhando ações da Decradi, a delegacia da Polícia Civil destinada a combater a violência social, e entrevistando vítimas ou parentes de vítimas de crimes de ódio. Da cadeia de vinganças entre torcidas organizadas de futebol a choques entre punks antifascistas e skinheads, passando por espancamentos e assassinatos homofóbicos, o filme procura mostrar os mecanismos de propagação da intolerância numa sociedade crescentemente dominada pelo preconceito, o sectarismo e os discursos da violência.

Em pauta também as vozes que resistem a esta onda de lodo. Um policial ex-punk, uma cantora trans que virou ativista depois de sofrer uma agressão gravíssima e um dito ex-skinhead que se afirma eleitor de Jair Bolsonaro são alguns personagens que dão agudeza ao documentário.

O estilo incorpora tonalidades de thriller policial, com música atmosférica de Tito Gomes. Um impactante material colhido de câmeras de vigilância e da internet é complementado por animações para ilustrar os exemplos de intolerância, termo este muito bem definido por um dos entrevistados como “o preconceito transformado em ação”. O panorama é assustador e avança do mais supostamente lúdico (o futebol) para o mais pavorosamente ideológico. A coragem de Susanna Lira em mexer nesse vespeiro é algo digno de nota nessa retomada do documentário político brasileiro.

3 comentários sobre “Festival do Rio: Intolerância.Doc

  1. Pingback: Por que só no Rio? | Meu nome é Johni

  2. Só não entendo como um tema tão pertinente fica restrito a algumas salas da cidade do Rio e, não prossegue para outros cinemas em outras cidades? Por que não estreiar em S. Paulo, se a cidade é o principal cenário do documentário? Qual é o empecilho ? Vamos aguardar a resposta.

    • Olá Patrícia, concordo 100% com você. Estreamos no Festival do Rio, mas nossa ideia é exibir o filme em várias cidades brasileiras. Acreditamos que esse assunto precisa muito ser discutido e difundido. Como a distribuição dos documentários costuma ser muito sofrida, vamos empenhar todos os nossos esforços para que possamos realmente alcançar o público!
      obrigada pelo interesse pelo filme! um abraço, Susanna Lira

Deixe uma resposta para Patricia C. S. Santos Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s