Mais cinema (brasileiro) em casa

Cena de RAONI

A superoferta de atrações online já criou até um certo estresse em alguns amigos. Como ver tudo isso? De qualquer forma, nesse caso o excesso é melhor do que a carência. Imaginem como seria essa quarentena se não tivéssemos a internet.

Dessa vez, deixo aqui algumas recomendações de filmes brasileiros (curtas, longas, série e pacotes) em plataformas gratuitas diversas.

Filmes

Me Cuidem-se! – Um Filme Processo
O primeiro filme sobre a quarentena do Covid-19. De suas casas, oito pessoas compartilham angústias, ansiedades, reflexões e pequenas sabedorias sobre o isolamento. Work in progress realizado sem qualquer contato presencial entre personagens e equipe. Leia minha resenha.

Aruanda, curta de Linduarte Noronha
Um dos filmes deflagradores do Cinema Novo enquanto tema e estética. O Nordeste, dos quilombos do século XIX às ceramistas do século XX.

De Longe Ninguém Vê o Presidente, curta de Rená Tardin
Trechos do histórico discurso de Lula antes da prisão em 2018 se combinam com imagens de São Bernardo do Campo de então e de 40 anos antes num pequeno épico sobre (essa é a minha interpretação)o que significaria a ausência de Lula no Brasil de hoje.

Na Rota do Vento
Homenagem ao compositor, cineasta, ator (e pintor) Sergio Ricardo, assinado a seis mãos por Cavi Borges, Marina Lutfi (filha do homenageado) e o montador  Victor Magrath. Desfilam na tela cenas memoráveis dos filmes de Sergio, editadas segundo padrões temáticos e de movimento.

Trieletrizado, média de Jorge Alfredo Guimarães
O documentário aborda desde o surgimento do Trio Elétrico, a invenção da guitarra baiana e o clima da cidade durante os dias momescos, até questões estéticas, antropológicas, políticas e históricas.

Samba Riachão, de Jorge Alfredo Guimarães
Samba Riachão, sambista baiano recém-falecido, encarna a história das transformações que levaram do samba de terreiro ao axé e ao hip hop brasileiro. Está tudo lá, num filme que é levantamento de patrimônio. Leia minha resenha.

Raoni, de Jean-Pierre Dutilleux e Luís Carlos Saldanha
O clássico documentário sobre o cacique Raoni e a sobrevivência dos povos indígenas no Brasil, indicado ao Oscar, em nova versão do codiretor e diretor de fotografia Luís Carlos Saldanha.

A Negação do Brasil, de Joel Zito Araújo
História das lutas dos atores negros pelo reconhecimento de sua importância na história da telenovela brasileira. Este é um dos clássicos do documentário brasileiro em cartaz no site do Itaú Cultural somente até 5 de abril, como parte do Festival É Tudo Verdade.

Linha de Montagem
O clássico documentário de Renato Tapajós sobre as greves metalúrgicas de fins dos anos 1970 em versão restaurada em HD.

Série

Paulo Freire, um Homem do Mundo
A série de 5 episódios, dirigida por Cristiano Burlan, mergulha na vida e obra do pensador brasileiro que é referência mundial na educação.

Pacotes

Bebeto Abrantes no Vimeo
O documentarista disponibiliza parte de sua obra (leia mais)

Evaldo Mocarzel no Youtube
O documentarista disponibiliza sua filmografia completa (leia mais)

Casa de Cinema de Porto Alegre
Filmes da conceituada produtora gaúcha, dos diretores Jorge Furtado, Ana Luiz Azevedo, Vicente Moreno, Márcio Schoenardie e outros.

SPCinePlay
A plataforma online da distribuidora da Prefeitura de São Paulo liberou seu conteúdo para fruição gratuita em casa até 17 de abril. Muitos filmes brasileiros e internacionais, acessíveis pela plataforma Looke.

Embaúba Filmes
A distribuidora especializada em cinema brasileiro disponibilizou os filmes Arábia, Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, Inferninho, A Misteriosa Morte de Pérola, Foro Íntimo, A Vizinhança do Tigre e o seu mais recente lançamento, Inaudito. Basta acessar o site e usar o código promocional “embauba”.

Fica em Casa Mundi
Uma página no Facebook reúne links de curtas e longas de animação brasileiros disponíveis na rede.

Cinemateca Popular Brasileira
Uma compilação muito bem organizada de pouco mais de 2000 filmes brasileiros dispersos em centenas de canais de usuários do Youtube.

3 comentários sobre “Mais cinema (brasileiro) em casa

  1. Pingback: #ficaemcasa com filmes – CSociais Online

  2. Pingback: #fiqueEmcasa com filmes – CSociais Online

  3. Oi, querido! Sabes se além do Visita Íntima, da Joana Nin, tem mais algum dela disponível por aí? Um abração pra você. Fique bem! Ana Rowe

Deixe uma resposta para Ana Rowe Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s