Pequenos contadores de história

LIYANA no streaming

Este slideshow necessita de JavaScript.

A antiga Suazilândia, agora denominada Essuatíni, é um pequeno país espremido entre a África do Sul e Moçambique, que ostenta a duvidosa reputação de uma das últimas monarquias remanescentes no continente africano. Notícias sobre cinema dali são raríssimas, daí a primeira importância de Liyana, filme do casal Aaron (nascido na Suazilândia e estabelecido nos EUA) e Amanda Kopp.

O projeto é de uma beleza ímpar, e foi executado de maneira simples e eficaz. Num abrigo de crianças órfãs, cinco delas participam de uma experiência sui generis. Estimuladas pela famosa contadora de histórias sul-africana Gcina Mhlope, inventam passo a passo a história da menina Liyana, que vive uma grande aventura para resgatar seus dois irmãos pequenos que foram roubados por ladrões de crianças.

Nesse conto de coragem e perseverança, as crianças vão projetando suas próprias experiências de pobreza, abandono e violência doméstica. Tudo isso com o pano de fundo da epidemia de HIV, que contamina entre um quarto e um terço da população adulta. A Aids amplifica brutalmente o número de órfãos do país.

Apesar desse pano de fundo desolador, o filme transpira energia positiva. À medida que os quatro meninos e a menina avançam na descrição da história de Liyana, esta vai sendo ilustrada com uma belíssima animação estática, mas esculpida em 3D, de autoria do nigeriano Shofela Coker. As crianças esbanjam graça e expressividade na narração, enquanto uma montagem primorosa vai amalgamando o relato oral e gestual com as figuras desenhadas.

As ressonâncias entre a jornada de Liyana e os dramas e sonhos dos pequenos autores fazem o encanto – e a gravidade – desse filme já premiado em dezenas de festivais internacionais.

>> Liyana está na plataforma Filmicca.

Trailer em inglês:

6 comentários sobre “Pequenos contadores de história

  1. Pingback: O cinema do Quênia | carmattos

  2. Pingback: Pequenos contadores de história — carmattos | THE DARK SIDE OF THE MOON...

Deixe uma resposta para Regina Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s