Bixiga desvairada

A atuação de Zé Celso em HORÁCIO é um deleite à parte, tanto no seu típico gestual dionisíaco quanto na forma como lança no ar suas falas.

Faro extravagante

BORDER: Como pano de fundo de uma história misteriosa no limite do extravagante, temos um libelo contra a crueldade humana e, mais especificamente, o abuso infantil.

Cuba, 1989

O que falta mesmo a O TRADUTOR é o sentimento de Cuba, o espírito do povo que nunca transparece sob as imagens bem compostas e bem comportadas que mais sugerem uma comunidade canadense

A arte da amizade

Há um tempero tipicamente argentino – e quiçá italiano – em MINHA OBRA-PRIMA, com seu misto de amoralismo impiedoso e simpatia humanística.

As poliamorosas

A principal questão colocada em AS FILHAS DO FOGO é a natureza do pornográfico quando se tem atrizes experimentando um prazer, um afeto e sobretudo uma subjetividade supostamente reais.

Salto no mistério

REVIVER faz avançar a trilogia “Filmes de Viagem”, de Cavi Borges e Patricia Niedermeier, com filme sobre a contaminação do artista por seu objeto.

Pobres e rico

O REI DE ROMA diverte ocasionalmente pela caricatura, algumas gags verbais típicas e, no fim das contas, uma inocência fantasiosa que move os personagens, inclusive os negativos.